Prefeitura pode cancelar contrato de obras no Belas Artes

Foto: Divulgação PMCG
Foto: Divulgação PMCG

Pela terceira vez, a prefeitura de Campo Grande precisou notificar a empreiteira, Orkan Construtora, que venceu licitação no valor de R$ 4.090.301,56 para desobstrução da canalização de água e esgoto e intervenções no subsolo do Centro de Belas Artes, na Avenida Ernesto Geisel, em Campo Grande.

Em entrevista ao O Estado Online, o secretário Rudi Fiorese, titular da Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) explicou que a empresa tem um contrato de prestação de serviços que não está sendo cumprido. Isso em relação ao cronograma de entrega das etapas da obra.

“Existem obrigações a serem cumpridas no contrato firmado com a empresa. O cronograma das etapas da obra não está sendo respeitado”, explicou Rudi Fiorese.

O secretário diz ainda que há a possibilidade de rompimento de contrato, já que a empreiteira foi notificada pela prefeitura pela terceira vez após assumir a execução. “A Lei prevê rescisão de contrato nestes casos. Demos um prazo até terça-feria (21) para apresentarem um plano de ação para recuperação do atraso”, relatou.

A obra seria entregue a princípio em dezembro deste ano, mas com esse atraso o tempo de entrega está comprometido. “Após ser entregue esse plano. Os técnicos da secretaria irão avaliar a possibilidade permanência ou não da empresa na execução da obra”, explicou.

Entramos em contato por telefone com a Orkan Construtora, mas até a publicação deste texto não atenderam nossas ligações.

Acesse as redes sociais do O Estado Online no Facebook Instagram.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.