Pais e crianças congestionam posto de saúde que conta com seis pediatras

sesau
Foto: O Estado Online/Vivian Bacarji

A UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Coronel Antonino lotou, nesta terça-feira (7), e pais incomodados com a situação entraram em contato com O Estado Online para relatar a falta de médicos e demora para receberem o atendimento na unidade médica.

Luciano Fabrício relatou levou sua filha até a UPA pela manhã de hoje, passou pela triagem e depois de 2h passou pelo atendimento. Porém, ficou abismado por não ter nenhum dos remédios passados na receita dentro do posto de saúde.

Procurada pela reportagem, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou que o ambiente conta com seis pediatras atendendo. “As unidades estão atendendo muitos casos amarelos e vermelhos, que são de maior gravidade e acabam demandando mais tempo para atendimento.”

De acordo com a dona de casa Dayane Virgínia, ela enfrenta a mesma situação desde domingo. “A minha filha passou mal no domingo e saímos de casa 23h30 da noite a caminho da UPA, chegamos por volta de 1h30 e só fomos atendidos às 4h30 da manhã.”

No domingo, o primeiro médico confirmou que era só um caso gripal e apenas receitou dipirona e mandou retornar. Três dias depois, ela voltou hoje para realizar o raio-x e se deslocar até outra unidade, onde a criança que sofre com febre de 39º, foi diagnosticada com o quadro clínico de início de pneumonia, revela a mãe, que foi até outra unidade médica para receber um novo atendimento.

Outra mãe reclamou de uma séria de situações que a incomodou enquanto recebia atendimento na UPA da região. Segundo Ester de Souza Barreto, sua filha de 2 anos e elas esperaram 4h para passarem por um exame de dengue e além disso, faltam ventiladores no ambiente e até copo para tomarem água.

Acesse também: Vazamento de gás mobiliza equipe do Corpo de Bombeiros no centro da Capital. Veja mais na reportagem ao vivo da repórter Vivian Bacarji, no Facebook.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.