Famílias retiradas de área pública no Jardim Los Angeles negaram abrigo oferecido pela Prefeitura

abrigo
Um advogado da prefeitura esteve no local para negociar com as famílias - Foto: Marcos Maluf

A Prefeitura Municipal de Campo Grande, afirma ter oferecido abrigo por três meses, as famílias retiradas de uma área pública, na Rua Brígida de Melo, no Jardim Los Angeles, na Capital. Na manhã de ontem, com apoio da GCM (Guarda Civil Metropolitana), as famílias que começaram a construir os barracos na última sexta-feira (10), foram retiradas do local.

O caso foi noticiado ontem (13) pelo O Estado Online e ao serem entrevistados, os invasores não revelaram terem a opção de ir para comunidades terapêuticas ou para a Casa de Passagem Resgate, mas segundo a SAS (Secretaria de Assistência Social do Município), eles não aceitaram a transferência. No local, conforme a secretaria, foram distribuídos cobertores no momento da retirada das famílias.

Em nota o município detalhou que as unidades para onde eles seriam alocados oferece uma variedade de serviços. “Nas nossas unidades os usuários recebem atendimento psicossocial e Jurídico e encaminham em parceria com a Funsat para vagas de trabalho. Também ajudamos a tirar documentos pessoais caso a pessoa não tenha”,  explicou a prefeitura por meio da SAS.

Os moradores hospedados tem o direito de ficar até três meses no abrigo e, segundo a SAS, esse prazo pode ser estendido. Acesse também: Corpo de homem que morreu soterrado é encontrado

Confira as redes sociais do O Estado Online no Facebook Instagram.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.