Governador defende compensação em relação ao ICMS

reinaldoazambujaokk

Durante a assinatura de um convênio na manhã desta terça-feira (14), o Reinaldo Azambuja (PSDB), falou a respeito do teto de gastos do ICMS votado e aprovado pelo Senado na última terça-feira (13).

Azambuja prefere esperar a votação dos deputados, mas afirmou ser necessário focar na compensação para que os Estados não sejam prejudicados.

“O projeto volta a Câmara e mudaram algumas coisas, como a perda dos Estados e municípios. Lógico que existem perdas, mas temos que esperar a votação da Câmara, afinal o Senado mudou muitas coisas e daí depois constataremos o que será feito. Eu penso ser uma realidade do combustível caríssimo e precisamos achar alternativas, e não é uma que quebre os municípios e Governos. Tem que achar uma compensação afinal tem Estados que perdem mais outros menos, aqui perdemos mais na gasolina do que no álcool. O importante é baixar o combustível e melhorar para os trabalhadores, donas de casa.”, explicou Reinaldo.

 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.