Preso, homem que matou peão de fazenda alega que não aguentava mais ser incomodado

peão
Foto: Reprodução/BNC Notícias

O peão de fazenda Alan Evileyda Costa Campos, 22, foi morto a facadas na tarde de quarta-feira (25), no curral de uma fazenda localizada a 80 quilômetros de Paraíso das Águas, divisa com Água Clara, a 189 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o site BNC Notícias, a Polícia Civil revelou que encontrou o corpo do peão estendido no curral da fazenda, com várias perfurações no abdômen e pescoço. Em Seguida, a polícia recebeu a informação que o suspeito teria ido para sua residência, onde ele foi encontrado e preso.

Na delegacia, o suspeito natural de Coronel Fabriciano (MG), alegou que trabalha na fazenda há 5 meses e a vítima somente pouco menos de 2 meses, que estava recebendo suas orientações técnicas de manejo dos animais e do campo.

Segundo o relato, o suspeito não tinha experiência no ramo, ao contrário da vítima. Contudo, ele afirmou que a vítima passou a importuná-lo, dizendo que não saberia trabalhar como peão de fazenda, o que veio o irritando há tempo.

No entanto, ontem não suportou mais ser incomodados, decidindo então ir até sua casa para buscar uma faca e voltar ao mangueiro da fazenda. Foi onde a briga, que terminou em morte, iniciou. Acesse também: Reforço policial em Ponta Porã segue por tempo indeterminado, diz secretário

Confira as redes sociais do O Estado Online no Facebook e Instagram.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.