Rayssa Leal comemora medalha olímpica; vídeo

Rayssa Leal

Sempre com um sorriso no rosto, Rayssa Leal conta como encara o skate em sua vida. “Eu tento ao máximo me divertir porque eu tenho certeza de se divertindo as coisas fluem, deixa acontecer naturalmente, se divertindo”, destacou.

Logo após ganhar a medalha, a ”fadinha do skate” destacou a importância de seu resultado para o futuro da modalidade, que apareceu pela primeira vez no programa dos Jogos Olímpicos. Ele agradeceu o apoio de muitos fãs do skate.

“Saber que muitas meninas já me mandaram mensagem no Instagram falando que começaram a andar de skate ou os pais deixaram andar de skate por causa de um vídeo meu, eu fico muito feliz porque foi a mesma coisa comigo. Minha história e a história de muitas outras skatistas que quebraram todo esse preconceito, toda essa barreira de que o skate era só para menino, para homem, e saber que estou aqui e posso segurar uma medalha olímpica, é muito importante para mim”, comentou Rayssa Leal.

Com apenas 13 anos, Rayssa Leal fez história. A ”fadinha do skate” conquistou a medalha de prata no skate street feminino e virou a medalhista mais jovem da história do país. Ela mostrou todo seu talento e superou quase todas as concorrentes para ficar com a segunda colocação (14,64). O ouro ficou com a japonesa, também de 13 anos, Momiji Nishiya (15,26), que ainda viu a compatriota Funa Nakayama (14,49) ficar com o bronze. Saiba mais…

(Com informações Uol com Gazeta Esportiva)

Jornal Impresso

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.