Roubo em estabelecimentos e residências apresentam queda significativa em MS

roubo
Foto: Divulgação/Sejusp

Os índices de criminalidade relacionados a roubo em Mato Grosso do Sul tiveram uma redução significativa neste ano. De acordo com os números do Núcleo de Estatística e Análise Criminal de MS, a maior diminuição aconteceu no roubo ao comércio, com queda de 20,9% nas ocorrências em todo o Estado em relação a 2021.

Segundo a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), em Campo Grande a quantidade de estabelecimentos comerciais roubados foi 27,8% menor neste ano em comparação com 2021. Foram 36 ocorrências no comércio em 2021, contra 26 registradas neste ano. No interior do Estado, este crime também diminuiu, apresentando 16,4% de queda.

Os números positivos também se destacam na redução do roubo em residência em Mato Grosso do Sul, com índice 14% menor de casos. De acordo com os dados, foram 93 no ano passado e 80 ocorrências em 2022.

As 10 mais seguras

O relatório do Núcleo de Estatística apresenta também as cidades com os melhores índices criminais em Mato Grosso do Sul para o período; são municípios que não tiveram aumento de casos em nenhum dos crimes analisados.

Ainda conforme o levantamento, a regional de Dourados ocupa o primeiro lugar no ranking das unidades regionais, com 10 índices positivos dos 12 que são avaliados na estatística. Composta por sete cidades (Douradina, Dourados, Itaporã, Laguna Carapã, Maracaju, Nova Alvorada do Sul e Rio Brilhante).

Na região, a polícia apresentou redução nos crimes de homicídio doloso (-41,7%); feminicídio (-100%); roubo (-18,9%); roubo em via urbana (-39,8%), roubo em residência (-33,3%) e roubo de veículo (-20,0%). Outro destaque foi o furto (-1,8%) e furto em residência, com queda de 30,6% no número de casos.

Acesse também:  Após levar tiro nas costas, suspeito de feminicídio em 2017 morre no hospital

Acesse também as redes sociais do Estado Online no Facebook e Instagram.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.