Amhasf realiza fiscalização no Residencial Canguru contra irregularidades

Canguru
Foto: Divulgação

A Amhasf (Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários) realizou, ontem (4), um pente-fino com o apoio dos setores de fiscalização e social no Condomínio Jardim Canguru. A intenção foi a de comprovar se todos os moradores contemplados com o sorteio do empreendimento entregue em 30 de junho de 2022 estão de fato residindo no local.

Vale lembrar que o prazo para a mudança para o condomínio já acabou e, desde o início da entrega dos apartamentos, rumores de que as unidades estavam sendo vendidas irregularmente tomaram conta das redes sociais.

O prazo estipulado para mudança dos beneficiários finalizou no dia 30 de julho, um mês após a entrega das unidades. Com isso, a agência foi a campo com o objetivo de fiscalizar e acompanhar as movimentações de moradores dentro do residencial. Seguindo as normativas estabelecidas por lei e em busca de mitigar possíveis problemas em relação a irregularidades no programa de habitação de interesse social, tais como imóveis desocupados e/ou denúncias de negociações por intermédio das redes sociais.

Conforme noticiado anteriormente por O Estado, nas redes sociais anúncios divulgavam a venda dos imóveis e, em outros, até se candidatavam a comprar algum apartamento por valores abaixo dos R$ 5 mil.

Vale ressaltar que as moradias de interesse social, entregues com subsídios, devem ser ocupadas por famílias que nunca foram beneficiadas com HIS. Após o sorteio público, todas as famílias contempladas passam por avaliação da Amhasf (Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários), da Agehab (Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul) e, quando há recurso federal, pela Caixa Econômica Federal.

A agência pontua que preza pela transparência e isonomia no processo de seleção de famílias. Dessa maneira, cumpre o compromisso de fiscalizar e assegurar que o benefício seja concedido àqueles que realmente se enquadram nas condicionantes do programa de habitação de interesse social.

Por Michelly Perez – Jornal O Estado

Confira mais informações na edição impressa do Jornal O Estado MS.

Acesse também as redes sociais do Estado Online no Facebook Instagram.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.