Papa Francisco reza por vítimas das chuvas e inundações em Minas Gerais

chuvas inundacoes minas gerais mg
Foto: Marco Evangelista/Governo de MG

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O papa Francisco expressou neste domingo (16) sua solidariedade às vítimas das inundações das últimas semanas no Brasil. Após o Angelus dominical, na praça de São Pedro, no Vaticano, ele pediu também proteção aos que conduzem salvamentos nessas situações.

“Expresso minha proximidade das pessoas atingidas pelas fortes chuvas e inundações em várias regiões do Brasil nestas últimas semanas. Estou rezando especialmente pelas vítimas e suas famílias e por aqueles que perderam suas casas. Que Deus sustente os esforços daqueles que estão prestando socorro”, disse.

As chuvas que atingem Minas Gerais desde o início do ano deixaram mais de 370 municípios em situação de emergência (44% do estado) e levaram a inundações de rios, moradores desalojados pelas enchentes ou pelo risco de rompimento de barragens. Segundo a Defesa Civil, 25 pessoas morreram e 52 mil ficaram desabrigadas.

Na Bahia, desde o fim do ano passado mais de 25 pessoas morreram e quase 100 mil ficaram desabrigadas ou desalojadas.

Pais e mães “heróis”

Na última semana, o papa de 85 anos voltou a fazer um apelo pela acolhida dos migrantes e solicitantes de asilo, um dos grandes temas de seu pontificado. Em entrevista publicada na quinta-feira (13) no jornal do Vaticano, L’Osservatore Romano, o pontífice falou do papel dos pais e mães frente aos conflitos e dificuldades do mundo moderno, como a pandemia do coronavírus, as guerras e a pobreza.

“Penso em muitos pais, muitas mães, muitas famílias que fogem das guerras, que são empurradas para as fronteiras da Europa e não só, e que vivem em situações de dor, injustiça e que ninguém as leva a sério”, admitiu o papa.

“Queria dizer a estes pais, estas mães, que para mim são heróis, porque vejo neles a coragem de quem arrisca a vida por amor a seus filhos, por amor à sua família”, acrescentou.

Francisco disse que se sente próximo “do drama destas famílias, destes pais e destas mães que estão vivendo uma dificuldade particular, agravada sobretudo por causa da pandemia”.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.