Voluntários promovem feijoada em prol do Hospital Nosso Lar

Foto: Divulgação Hospital Nosso Lar
Foto: Divulgação Hospital Nosso Lar

Reportagem: Méri Oliveira

O Hospital Nosso Lar, conhecida instituição psiquiátrica da Capital, precisa de ajuda para sua manutenção e, com o objetivo de ajudar, o grupo de voluntários Colmeia Dourada se juntou, a fim de promover uma feijoada no próximo dia 26.

O evento será realizado na Loja Maçônica Ordem e Progresso, no dia 26 de junho. De acordo com Wellington Gonçalves, um dos voluntários, as expectativas para a feijoada são muito boas, pois “trata-se de uma feijoada tradicional, que realizamos há vários anos. Esta será a 19ª edição, e visa angariar fundos para ajudar na manutenção do Hospital Nosso Lar, referência no tratamento psiquiátrico em nosso Estado”, explica.

Durante o almoço serão expostos, ainda, trabalhos artesanais confeccionados por 40 voluntários, como toalhas de mesa e lavabo, kits para cozinha, higiene pessoal e para viagem. São mais de 500 tipos de produtos feitos em crochê, bordados e muito mais.

Feijoada é produzida por voluntários

Feijoada completa

Wellington detalha que será uma feijoada completa: “A deliciosa feijoada terá calabresa, paio, costelinha de porco defumada, bacon, carne de sol, etc., tendo como acompanhamentos arroz, couve, farofa, vinagrete e laranja, tudo preparado com muito cuidado, amor e carinho”, dispara o voluntário.

Destino

Todo o valor arrecadado com o evento será revertido para a manutenção do hospital psiquiátrico Nosso Lar. “Os recursos serão aplicados para o atendimentos de pacientes SUS, na compra de cobertores, forros para colchões, materiais de higiene, roupas íntimas, confecção de agasalhos e afins”, explica Gonçalves.

Serviço

A feijoada será realizada na Loja Maçônica Ordem e Progresso, 26, que fica na Rua Frei Henrique Soares de Coimbra, nº 70 (atrás do antigo Atacadão da Costa e Silva).

Os ingressos podem ser adquiridos na Livraria Humberto de Campos, na Rua Maracaju, 250.
Será servido também marmitex. Para quem for consumir no local, é necessário levar talheres e crianças até sete anos não pagam.

Mais informações podem ser obtidas pelos números: (67) 3383-3936 e (67) 99216-1267, com Maristela.

Acesse as redes sociais do O Estado Online no Facebook Instagram.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.