MS tem valor recorde de US$ 6,8 bilhões nas exportações de 2021; soja e celulose estão no páreo

agro agronegocio rural economia exportacao importacao
Foto: Chico Ribeiro/Governo de MS

As exportações de Mato Grosso do Sul durante o ano passado bateram recorde. É o que atesta a Carta de Conjuntura do Setor Externo produzida Coordenação de Economia e Estatística da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar). O saldo foi o maior desde 2015.

As vendas dos bens produzidos no Estado e enviados a outros países somaram US$ 6,857 bilhões em 2021, valor 19% maior do que o apurado em 2018 (US$ 5,759 bi) – o maior da série até então.

Já o superávit (diferença entre o exportado e importado, isto é, compra e venda) atingiu a cifra de US$ 4,270 bilhões no ano passado, quase 9% maior do que o recorde anterior. O número é mais expressivo se comparado ao de 2015, que foi o menor da série com US$ 1,307 bilhão.

Com relações às importações, MS gastou US$ 2,587 bilhões em produtos diversos, com destaque ao gás natural comprado da Bolívia, que representou 43% do total das importações.

Produtos

soja em grao agro agronegocio rural campo exportacao importacao

MS exportou quase US$ 1 bilhão a mais de janeiro a novembro de 2021; destaque foi para a soja. Foto: Divulgação/Semagro

A soja em grão aparece em primeiro lugar nas exportações, com 34,27% do total vendido ao exterior. Quanto ao volume, houve aumento de 12,12% do produto vendido a outros países no ano passado.

O segundo colocado foi a celulose, com 21,72% de participação em valor, mesmo tendo havido diminuição de 9,35% no volume exportado.

Em termos de destino, concentraram-se envios para a China que comprou 45,3% do total exportado (em valor) entre janeiro e dezembro do ano passado. Por outro lado, o Egito (+80,51%) e os Estados Unidos (+79,28%) foram os que apresentaram maior crescimento em valores exportados. Já Hong Kong, com baixa de 20,31%, foi o que apresentou a maior queda de compras de produtos do Estado em 2020.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.