MAIS LEMBRADO: PUCCINELLI analisa eleições 2022

MAIS LEMBRADO: PUCCINELLI analisa eleições 2022

MAIS LEMBRADO: PUCCINELLI analisa eleições 2022MAIS LEMBRADO: PUCCINELLI analisa eleições 2022. Isso mesmo. Parece que em 2022 governos considerados bons têm chances de retornar. Mas, o ex-governador André Puccinelli (MDB) está na boca e nas memórias de Mato Grosso do Sul. Por isso, vai falar ao vivo no O Estado Play. Fique ligado. Será às 08h. Na primeira terça (03) de agosto.  Nas plataformas do O Estado Online.

Já em março ele liderava as pesquisas, estimulada e espontânea. isto é quando os eleitores são questionados em quem votariam para o governo de Mato Grosso do Sul. Esta foi a pesquisa divulgada pelo Instituto Ranking Brasil – Pesquisa, Consultoria e Mídia. Nele, foram ouvidas 1.700 pessoas. Isto aconteceu, entre os dias 20 e 26 de fevereiro deste ano.

Mas, André Puccinelli e a senadora Simone Tebet seriam a disputa. Porém, são do mesmo partido. Aliás, o nome de Simone ganhou grande relevância e pode até ser via contra o presidente Jair Bolsonaro. Quem se lembra da última campanha para prefeito? O candidato emedebista, deputado estadual Márcio Fernandes, tentou herdar a saudade da gestão de Puccinelli para vencer as eleições. Isto mostra a força do nome. 

Garantia

Assim, o ex-governador garante que o MDB terá nome para a sucessão estadual. Não disse que disputa. Mas, não descarta o próprio nome para concorrer ao governo de Mato Grosso do Sul em 2022. Todavia,  afirma que irá disputar as urnas nas próximas eleições. 

Aliás, não é de hoje que Puccinelli é lembrado. Ele já foi o nome mais citado nas duas últimas eleições. Seu nome sempre esteve nas pesquisas desde que saiu da política. Mesmo na articulação emedebista nos bastidores. Aliás, ele está à frente, inclusive, do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD) e os ex-prefeito, senador Nelsinho Trad (PSD). VEJA AQUI.

Biografia (wiki)

André Puccinelli nasceu em Viareggio, na Itália, no dia 02 de julho de 1948, filho de Carlo Puccinelli e de Giuseppa Fiaschi Puccinelli. Foi secretário estadual da Saúde, deputado estadual por dois mandatos, deputado federal, prefeito por dois mandatos da capital Campo Grande e também governador por dois mandados do Estado de Mato Grosso do Sul. É casado com Elizabeth Maria Machado com que teve três filhos: a médica Vanessa Puccinelli e os advogados André Puccinelli Júnior e Denise Puccinelli. Ao longo de sua vida, tornou-se produtor rural no setor agropecuário.[1]

Mudou-se para o Brasil em 1953 e morou com a família inicialmente em Porto Alegre (RS) e posteriormente em Curitiba (PR). Em 1966, ingressou no curso de Medicina da Universidade Federal do Paraná, diplomando-se em 1971. No ano seguinte fez residência médica no Hospital de Clínicas da capital paranaense. Em 1973 transferiu-se para Fátima do Sul (MS), então no antigo estado do Mato Grosso, tornando-se médico do Hospital Nossa Senhora de Fátima, nessa cidade.

Carreira política

Foi secretário estadual da Saúde (entre 1983 e 1985), deputado estadual por dois mandatos (de 1987 a 1991 e de 1991 a 1995) e deputado federal (de 1995 a 1996) até ser eleito prefeito da capital do Estado, em 1996. Foi reeleito em 2000. Nas eleições de 2006 candidatou-se ao governo do estado de Mato Grosso do Sul pela legenda do PMDB. Seu principal adversário nas urnas foi o senador Delcídio do Amaral (PT). Em 2010 concorreu à reeleição tendo disputado contra o ex-governador Zeca do PT. Conquistou a reeleição ainda no primeiro turno, tendo renovado seu mandato de governador do Mato Grosso do Sul até 2015

Aliás, você acredita que este título confere: MAIS LEMBRADO: PUCCINELLI analisa eleições 2022

MAS, quer MAIS NOTÍCIAS? CLIQUE AQUI!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *