Grupo chileno vai investir R$ 15 bilhões para construir fábrica de celulose em Inocência

Foto: Chico Ribeiro/Portal do MS
Foto: Chico Ribeiro/Portal do MS

Nesta quarta-feira (22), uma das principais empresas madeireiras da América Latina, a Arauco anunciou a instalação de uma nova fábrica no município de Inocência. O grupo chileno já possui áreas de eucalipto plantadas no município para suprir a demanda do projeto.

O investimento estimado é de R$ 15 bilhões, beneficiando 14.300 famílias com geração de 12 mil empregos no pico da construção e 250 empregos diretos e 300 indiretos quando entrar em operação, além de 1,8 mil empregos permanentes na parte florestal.

O anúncio foi feito hoje pelo governador do Estado, Reinaldo Azambuja junto com a diretoria do grupo chileno durante evento de lançamento oficial do Profloresta (Plano Estadual de Florestas Plantadas) da Semagro (Secretária de Estado da Produção, Meio Ambiente Desenvolvimento Econômico e Agricultura Familiar).

Para o governador, este é mais um compromisso firmado e cumprido com o desenvolvimento econômico de Mato Grosso do Sul. “Será uma unidade moderna, que vai gerar empregos, oportunidades, renda e desenvolvimento social em uma região que também integra a Costa Leste Florestal, mas que não tinha nenhum empreendimento deste tipo.”

A vinda desta fábrica mostra a confiança dos investidores em Mato Grosso do Sul, na nossa política de incentivos fiscais, na segurança jurídica de quem investe e na estrutura logística que estamos criando para quem precisa escoar a produção”, disse Reinaldo Azambuja.

Já o CEO da companhia, Matias Domeyko Cassel, falou sobre a escolha de Mato Grosso do Sul. “O Brasil é um polo importante para a estratégia global do Grupo Arauco. Atuamos no País desde 2002, com as divisões de madeira e operação florestal, e agora estamos avaliando aumentar os investimentos realizados no Brasil, trazendo o setor de celulose para cá. Acesse também: Argentinos protestam pelo aumento do litro do diesel, que chega a R$ 52,92 em Buenos Aires

Confira as redes sociais do O Estado Online no Facebook Instagram

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.