Acesso ao ConecteSUS volta 12 dias após ataque hacker, mas SES alega instabilidade

Reprodução/Agência Brasil
Reprodução/Agência Brasil

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) informa que o Sistema e-SUS Notifica, responsável pelo registro de casos notificados de COVID-19 retornou na noite de terça-feira (21), mas que apresenta instabilidade no sistema nesta quarta-feira (22).

Apesar do retorno, o sistema de exportação de dados em nível federal ainda permanece inoperante, sem condições de processar os casos que, por ora, estão sendo atualizados pelos municípios, impossibilitando a publicação de novos boletins.

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, há 11 dias Mato Grosso do Sul ficou sem inserir informações nos sistemas do Ministério da Saúde devido ao ataque de hackers nas plataformas e sistemas de gestão do Ministério da Saúde.

“Neste período, os serviços não foram suspensos e os municípios fizeram o controle por meio do preenchimento de fichas manuais. Então, a partir de hoje, o dia será de grande mobilização entre os municípios de Mato Grosso do Sul, no sentido de digitarem seus casos, na plataforma federal”, esclarece Geraldo Resende.

Boletins interrompidos

A SES reitera que o ataque aos sistemas do Ministério da Saúde interferiu diretamente nos registros e controle de informações em nível estadual e municipal e, por isso, comprometeu a publicação de novos boletins. Assim, as atualizações feitas pelos municípios se referem ao represamento de informações desde o incidente de hacker ocorrido no último dia 10 de dezembro.

Por fim, a secretaria estadual aguarda manifestação do Ministério da Saúde quanto ao restabelecimento da conexão com os bancos de dados federais como o ConecteSUS e o SI-PNI (Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações).

Conecte SUS Cidadão

O Conecte SUS Cidadão é a porta de entrada digital às informações de saúde, permitindo que o cidadão consiga, por meio de um dispositivo mobile ou por acesso web, visualizar seu histórico clínico, que atualmente apresenta as vacinas aplicadas, exames laboratoriais de COVID-19 realizados, internações, medicamentos dispensados e ter acesso à Carteira de Vacinação Digital e ao Certificado Nacional de Vacinação COVID-19 entre outros serviços oferecidos pelo SUS.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.