Hospital Alfredo Abrão suspende quimioterapia por falta de remédios

hospital de cancer alfredo abrao
Foto: Reprodução/Facebook

Devido à falta de medicamentos, o Hospital de Câncer Alfredo Abrão cancelou 15 sessões de quimioterapia para pacientes que estavam agendados no dia de hoje (12). Com a carência de remédios de alta complexidade em seu estoque, utilizados no tratamento, a direção do hospital foi obrigada a tomar a decisão. A instituição é a única filantrópica totalmente especializada em oncologia no Estado.

De acordo com a própria equipe do hospital, o estoque de acetado de gosserrelina – fármaco usado no tratamento de câncer de próstata e mama, além da endometriose e leiomioma uterino – deverá ser reposto só a partir da semana que vem. Com isso, os atendimentos já foram reagendados. Não foi informado se há risco da situação voltar a acontecer.

medicamento remedio droga farmaco

A gosserrelina é usada para tratamento de câncer de próstata, mama, endometriose e leiomioma uterino. Foto: Reprodução/YouTube

Em nota, a assessoria do hospital também informou que a reposição do medicamento não foi possível por meio de “empréstimo” com instituições parceiras, pois o remédio possui “alta complexidade”, o que impede a realização de ações emergenciais.

Beneficente e sem fins lucrativos, a instituição vem lutando para suprir a grande demanda de tratamentos – cerca de 2 mil pacientes por mês. Seus atendimentos são, na totalidade, via SUS (Sistema Único de Saúde). Para ajudar, basta fazer a sua doação ao “Pix do Bem” (chave 67992882117, número de celular) ou convênio Energisa (0800 6006 313)

Por telefone, ligue (67) 3041-6000/6024/6005. O WhatsApp é o (67) 99689-8827.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.