Pela primeira vez em 547 dias, Cassems não tem nenhum paciente internado em Hospital de Campo Grande

httpsoestadoonline.com.brsaudepela-primeira-vez-em-547-dias-cassems-nao-tem-nenhum-paciente-internado-em-hospital-de-campo-grande

O registro é motivo de comemoração para profissionais e beneficiários

Após 18 meses de trabalho intenso, atendendo aos pacientes acometidos pela Covid-19 no Hospital Cassems de Campo Grande, pela primeira vez, há motivos para comemorar. Na última terça-feira (14), a Cassems não tem nenhum registro de pacientes internados pelo coronavírus na unidade hospitalar. Na mesma data, em 2020, o hospital registrava 35 beneficiários internados, entre suspeitos e confirmados pela doença.

Atualmente, em todo o estado, a rede própria da Caixa dos Servidores possui 4 pacientes acometidos pela patologia. O maior pico de casos de Covid-19 no Hospital Cassems Campo Grande foi em abril deste ano, com 77 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 172 leitos de enfermaria ocupados.

O fotógrafo Roberto Kelsson esteve internado no Hospital Cassems Campo Grande com Covid-19, nos meses de maio e junho, e conta seu relato com alegria. “Sou prova viva de como esses profissionais são incríveis no que fazem. Foram 50 dias internados no hospital e eu serei eternamente grato a cada atendimento humanizado que recebi. Isso tudo está passando e estamos vencendo essa doença”.

alívio

De acordo com o responsável técnico de Enfermagem do Hospital Cassems Campo Grande, Fábio Doneida, ter zero paciente no hospital é um alívio para os profissionais. “Esse número não é apenas uma celebração por não termos Covid no hospital, mas também por não presenciarmos pessoas sofrendo, com medo e ansiedade. Agora, vemos os resultados positivos da vacinação e isso nos deixa satisfeitos como seres humanos”.

O Hospital Cassems Campo Grande foi destaque no enfrentamento à pandemia de Covid-19, com uma estrutura de ponta e profissionais capacitados para prestar um atendimento humanizado. Por este motivo, em julho, o plano de saúde registrou o dado de 61% na taxa de recuperação da doença.

qualidade

As adequações feitas pelo Hospital Cassems Campo Grande para assegurar a qualidade da assistência e a segurança dos profissionais de saúde e dos pacientes foram de definição estrutural das áreas Covid-19, como UTI e internação clínica, sala cirúrgica exclusiva para pacientes suspeitos ou confirmados para Covid, estruturação da tenda de Pronto Atendimento exclusivo para casos suspeitos e confirmados, oferta de testes para todos os colaboradores, deslocamento para home office dos colaboradores com fatores de risco, ações de

distanciamento social em toda a unidade, inclusive áreas administrativas, triagem dos colaboradores e dos visitantes na entrada do hospital, fluxos internos separados e exclusivos para pacientes Covid-19, equipes exclusivas para atendimento nas áreas Covid-19, além do reforço nas capacitações de biossegurança.

Conforme explica Ricardo Ayache, presidente da Cassems, ter zero paciente na unidade hospitalar tem muito significado para o plano de saúde. “Esse dado nos traz grande emoção, porque nos faz revisitar tudo o que foi vivido ao longo desses 18 meses de muita tensão, muitas perdas, mas, sobretudo, de uma equipe lutadora, que se entregou ao enfrentamento da pandemia”.

Selo “Covid Free Excelente”

Em janeiro de 2021, o Hospital Cassems Campo Grande recebeu o selo Covid Free Excelente, do Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde (IBES), por boas práticas de prevenção e enfrentamento à pandemia de Covid-19. Esta certificação coloca o HCCG entre os cinco primeiros hospitais que possuem o selo no Brasil e o primeiro do estado, referendado pelo IBES. A certificação de boas práticas preventivas para o enfrentamento do coronavírus tem o papel de garantir ambientes seguros para produção, operação e/ou atendimento ao público. O selo foi criado para apoiar as empresas a criarem e manterem um ambiente seguro para seus funcionários e seus pacientes.

A Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Cassems) informa que, desde ontem (14) até o presente momento, o hospital de Campo Grande não possui registro de pacientes internados por Covid-19.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *