Prefeitura aprova lei drive-thru na Capital para evitar fila-dupla em frente a unidades de ensino

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A partir de hoje (5) Campo Grande passa a ter locais específicos para embarque e desembarque de passageiros em frente a unidades de ensino, evitando-se assim a criação das famosas filas duplas que atrapalham o fluxo no trânsito.

Esse local é facultado aos estabelecimentos de ensino, escolas, colégios, universidades e academias requerer junto à Agetran (Agência Municipal do Transporte) a criação de áreas de embarque e desembarque (drive-thru) para que os pais e responsáveis utilizem deste espaço na via pública para embarcarem e desembarcarem seus filhos, sem a produção de paradas em filas duplas.

Ainda de acordo com a Lei nº 6.906 de 04/08/22, as áreas de embarque e desembarque bem como a sinalização serão demarcadas pela Agetran, na conformidade com as sinalizações previstas no Código Nacional de Trânsito (Lei n. 9.503, de 23 de setembro de 1997), valendo-se de Placas e Sinalização de Regulamentação previstas no Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito.

Segundo a publicação, os estabelecimentos de ensino que fizerem o requerimento de implantações das áreas drive-thru se obrigarão a implantar mecanismos em que seu funcionário fique responsável por chamar o aluno para o embarque e/ou desembarque do veículo que estiver na vez, em frente ao estabelecimento.

Não será permitido parar ou estacionar nessas áreas determinadas, sendo elas destinadas de forma exclusiva para esse fim. O número de áreas exclusivas serão proporcionais ao número de alunos matriculados nos estabelecimentos de ensino.

O autor do projeto vereador Beto Avelar (PSD) disse, na época em que ainda se votava o projeto de lei, que o objetivo é reduzir filas duplas em frente aos estabelecimentos. Além de garantir a melhoria do tráfego e ampliar a segurança para as crianças e adolescentes.

Com a lei, os riscos de acidentes e infrações cometidas pelos motoristas, que insistem em parar em fila dupla, fica reduzido. Atualmente o motorista é punido com cinco pontos na carteira e a multa para quem estaciona em fila dupla é de R$ 195,23.

A publicação pode ser conferida na sua íntegra na edição do Diogrande clicando AQUI.

 

Confira mais informações na edição impressa do Jornal O Estado MS.

Acesse também as redes sociais do Estado Online no Facebook Instagram.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.