MDB dá largada rumo às convenções com reuniões partidárias em Campo Grande

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Por Rayani Santa Cruz – Jornal O Estado MS

O MDB de Mato Grosso do Sul deu a largada rumo às convenções, que acontecem entre 20 de julho e 5 de agosto, com reuniões partidárias na sede em Campo Grande. Lideranças e pré-candidatos de todo o Estado foram convidados pela diretoria para alinharem projetos políticos e para discutir pontos vedados e legais das pré-campanhas. A executiva marcou a convenção para o último dia do prazo.

O presidente e pré-candidato a deputado estadual, Junior Mochi, afirma que todas as reuniões são para que os pré-candidatos, junto à direção, possam tomar decisões conscientes. Ele destaca que, a aproximadamente 100 dias da eleição, as tratativas são essenciais.

“Estive reunido com lideranças políticas para conversarmos sobre o que chamamos de ‘alinhamento do projeto político’, pensando no futuro de Mato Grosso do Sul.” O ex-prefeito de Naviraí, e pré-candidato a deputado estadual, Izauri Macedo afirma que foi convocado para a reunião com a executiva, assim como outras lideranças.

Segundo ele, a conversa foi positiva, já que o pré-candidato André Puccinelli, o presidente Junior Mochi e a assessoria jurídica do partido fizeram explanações sobre questões liberadas e vedadas pela Justiça Eleitoral em momento de pré-campanha e campanha.

Houve a participação, inclusive, das equipes de assessorias dos pré-candidatos. “Foi um encontro orientativo no sentido de passar aos os pré- -candidatos sobre o que é permitido fazer durante a pré-campanha e o que não é permitido. O objetivo foi de nos orientar para que não extrapolemos no exercício desse direito, e de repente, sofrer sanções penais e pecuniárias. Nós estamos num período que não podemos pedir voto, não podemos divulgar números, até porque nem temos e só vamos registrar após a convenção em 5 de agosto”, disse Izauri, que pôde tirar dúvidas sobre propagandas eleitorais e o que pode ser feito posteriormente às convenções.

Sobre a pré-campanha, Izauri afirma que continua a focar em reuniões em Naviraí e nos 14 municípios próximos da cidade, que vão desde Caarapó até Mundo Novo, e depois se estende até a fronteira com o Paraguai, iniciando em Amambai e chegando a Sete Quedas.

“Minha caminhada será em visita aos bairros, dialogar com as famílias, com as pessoas, e com as lideranças. Estamos identificando pessoas que lá no futuro a gente poderá contar, engajando dentro da futura campanha que deve iniciar a partir do dia 15 de agosto. Tive uma atuação como advogado, representando entidades do terceiro setor, e a gente estabeleceu nesta região um círculo de clientes, de amizades e de aliados.”

Leia a edição impressa do Jornal O Estado MS clicando AQUI

Acesse também as redes sociais do Estado Online no Facebook e Instagram.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.