Policial suspeito de homicídio revela a história do crime

Imagem ilustrativa/PM
Imagem ilustrativa/PM

A Terceira Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande interrogou hoje (21) um policial, de 28 anos, preso preventivamente e principal suspeito de ter matado Sérgio Otazu de Souza, 34, em julho no Jardim Noroeste, sul de Campo Grande.

De acordo com o relato, a vítima e suposto autor estavam fazendo uso de pasta base de cocaína e bebida alcoólica na noite de 6 de julho, quando começaram a discutir e ambos se agrediram fisicamente. Segundo o suspeito, a vítima possuía uma dívida de R$ 10 com ele.

Em seguida, o autor teria corrido do local e retornou com um facão, usado para dar duas facadas no tórax e abdômen de Sérgio. Após o crime, ele fugiu. Há relatos de que a vítima não tinha condições de se defender, pois estaria muito mais embriagada do que o autor.

O interrogado possui passagens pelos crimes de dano, falsidade ideológica, roubo, roubo majorado, furto, furto qualificado, lesão corporal seguida de morte, roubo tentado e tráfico de drogas.

Acesse também: Polícia monta operação contra a revenda de fios elétricos furtados na Capital

Itamar Buzzatta

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.