Após oferta de emprego, Mulher é mantida em cárcere privado.

Divulgação PMMS

Policiais da Força Tática em conjunto com a equipe do Batalhão de Choque de Anastácio, município localizado há 137 quilômetros de Campo Grande, socorreram na noite de ontem (6), uma vítima de exploração sexual, mantida em cárcere privado em uma boate no Distrito de Águas do Miranda. A jovem de 23 anos, confessou aos policiais que era orientada a atender e servir bebidas aos clientes. 

De acordo com o site Dourados News, a Polícia Militar foi acionada pela mãe da vítima. Em deslocamento ao local, os policiais foram informados que um estabelecimento no distrito de Águas do Miranda hospedava garotas para programas sexuais. 

Chegando ao local, os policiais encontraram uma das vítimas. Ao ser questionada sobre os fatos, ela informou que foi aliciada por um homem em suas redes sociais. A jovem informou à Polícia Militar que o indivíduo ofereceu uma oferta de emprego e a função seria servir bebidas na boate.
Ainda em depoimento, a vítima relatou que após aceitar o emprego, o homem arcou com todas as despesas no deslocamento da jovem de Campo Grande até Anastácio. Ao chegar no estabelecimento, a jovem disse ter sido informada de que, além de servir bebidas, teria que fazer programas sexuais. 

O autor foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para devidas providências. 

 

Acesse também as redes sociais do O Estado Online no Facebook Instagram

Acesse também: Suspeito de estupro de vulnerável contra enteadas é preso em Coximhttps://oestadoonline.com.br/policial/suspeito-de-estupro-de-vulneravel-contra-enteadas-e-preso-em-coxim/

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.