Cirurgiã plástica é denunciada por negligência médica

Foto: Metrópoles
Foto: Metrópoles

Uma cirurgiã plástica está sendo investigada pela Polícia Civil do Distrito Federal e pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, após ser denunciada por negligência médica em procedimentos estéticos como mamoplastia e lipoaspiração malsucedidos.  

Uma das vítimas disse para a PCDF pagou mais de R$ 13 mil reais para realizar uma mamoplastia, com inserção de prótese nos seios, entretanto, após um mês da realização da cirurgia, os pontos se abriram e uma das mamas estava muito inchada.

Ao procurar a médica por telefone, ela alegou que os seios estavam “lindos” e orientou a passar rifocina no local, medicamento usado por três meses.

Ao notar que os seios estavam com necrose, a mulher procurou outro profissional da área, que informou, por meio de relatório médico, que ela desenvolveu sequelas permanentes decorrente do procedimento estético.

Oito meses depois do ocorrido, a médica aconselhou a paciente a “fazer uma tatuagem” na região da aréola para “refazer o bico do peito”.

No total, 12 vítimas criaram um grupo em um aplicativo de mensagens para juntar denúncias contra a médica. Os casos foram registrados na Polícia Civil, que investiga os casos.

Em nota, a médica Milena Carvalho alegou que “segue rígidos protocolos de cuidados e que acompanha seus pacientes antes, durante e depois dos procedimentos”.

“A dra. se coloca à disposição das autoridades para prestar qualquer esclarecimento, reforça que os fatos narrados são infundados e que não há qualquer comprovação ou condenação contra ela na Justiça por irregularidade em sua conduta como médica.”

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *