Prefeitura deixa equipe e medidas prontas para eventuais emergências com a chuva

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Diante da previsão de chuva forte para este fim de semana em Campo Grande, especialmente na noite de hoje (23) até as primeiras horas do domingo (24), a Prefeitura passou a monitorar as áreas apontadas como as mais prováveis de sofrerem danos. Além disso, 460 servidores foram convocados para garantir atendimento imediato à população, caso necessário.

No total, serão mais de mais de 700 servidores que estarão de sobreaviso desde ontem (22), com técnicos de todas as áreas, como habitação, assistência social, Defesa Civil, Guarda Civil Metropolitana, trânsito, entre outros. O atendimento da Central 156 será ampliado para que a população acione os serviços.

Em áreas com o maior risco de enchentes e alagamentos, a Prefeitura traçou um plano para limpeza das bocas de lobos nas sete regiões da cidade, intensificando o serviço nas áreas que podem receber maior volume de chuva, conforme estudo meteorológico. São elas: Vila Popular, Vila Progresso, Morenão, região do Shopping Campo Grande, Parque dos Poderes, Carandá Bosque e no Sóter.

Apenas da SISEP (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos), serão 100 servidores fazendo o trabalho preventivo nas ruas, com o auxílio de máquinas e caminhões.

“Esse planejamento será importante para que os danos, caso ocorram, sejam minimizados, já que o homem não tem controle sobre as ações da natureza. Tivemos o cuidado de reunir aqui todos os secretários, especialistas em meteorologia, Defesa Civil e Bombeiros, para discutir o que pode ser feito para reduzir o impacto desse volume de chuva prevista em áreas de maior risco. Já determinei a limpeza das bocas de lobo, inclusive convocando a Solurb para que o trabalho seja feito de forma ininterrupta a partir de agora, com esse mapeamento. Vamos disponibilizar homens e máquinas de todos os tipos para percorrer todas as regiões”, informou Marquinhos Trad durante coletiva de imprensa no Paço Municipal.

Durante a reunião, o meteorologista Natálio Abrahão Filho destacou a iniciativa da Prefeitura em se antecipar aos eventos climáticos. “Sou meteorologista há 51 anos, com estudo especificamente voltado para Campo Grande e o MS. Como especialista nessa área, considero de grande importância esse olhar do poder público, na iminência de um evento climático como o previsto, no sentido de levar tranquilidade para a população”.

O prefeito Marquinhos Trad finalizou com um apelo para a população evitar sair de casa. “Se puderem, permaneçam em suas casas nesse período da noite de sábado até a manhã de domingo. Vamos todos dar a nossa cota de esforço para enfrentar mais uma ação da natureza prevista para a nossa cidade. Somos funcionários públicos, servidores de uma cidade, trabalhamos em grupo, onde juntos nos temos condições de devolver a confiança a segurança credibilidade daqueles que nos pagam”.

Alerta para o trânsito

O secretário Rudi Fiorese alertou para que os motoristas evitem estacionar os veículos em pontos prováveis de alagamento e, no caso de chuva forte, evitem trafegar por regiões próximas a rotatória da Rachid Neder com a Ernesto Geisel, Shopping, Avenida José Barbosa Rodrigues na Vila Popular, que que são os pontos identificados que podem sofrer alagamentos se vier a chuva com a intensidade prevista.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.