Ex-servidor é suspeito de movimentar milhões em esquema de lavagem de dinheiro

dinheiro

Policiais civis do DRACCO (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado) montaram na manhã desta quarta-feira (18), a Operação ”AVARUM”, focada em um servidor público aposentado, suspeito de movimentar mais de R$ 63 milhões com familiares e empresas em um esquema de lavagem de dinheiro em Campo Grande.

Foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão em torno dos investigados. Além disso, foram bloqueados contas bancárias de sete pessoas e duas empresas, a partir da ordem judicial da 4ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul.

O DRACCO conta com o apoio de equipe do GOI (Grupo de Operações e Investigações) e da DPC (Delegacia de Polícia Civil) para cumprirem as medidas cautelares. O termo “AVARUM” remete exatamente ao cenário de lucro exagerado, da ganância e lucro indevido. Acesse também: No Los Angeles, mulher morre com três tiros na cabeça

(Com informações do repórter Itamar Buzzatta)

Mais notícias no Jornal Impresso

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.