Bonito Blues e Jazz começa amanhã com atrações de vários países

Foto: O Estado MS
Foto: O Estado MS
Por Méri Oliveira

O Bonito Blues e Jazz Festival, realizado na cidade de Bonito e já em sua 9ª edição, promete um superencontro para este feriado de Corpus Christi, com artistas e bandas de vários países da América do Sul e Portugal, a fim de, mais uma vez, encantar o público que se fará presente e pavimentar o caminho para se consolidar como um dos principais festivais musicais do Mercosul.

Afonso Rodrigues, organizador do evento, afirma que as expectativas são as melhores possíveis, após dois anos de dificuldades para a realização do evento. “O comentário na cidade está bastante forte. Fizemos essa parceria com o hotel Selina, tá vindo muita gente exclusivamente para o evento, tem gente de São Paulo, de Campo Grande, de Assunção, uma turma pequena, vinda da Bolívia também. O tempo vem ajudando […], a gente tá fazendo o melhor possível para esperar, tanto os turistas, quanto os moradores, e a qualidade dos músicos é fantástica, de primeiríssima qualidade!”, assevera.

Participando pela primeira vez, está Rangel Castilho, de Aquidauana. “Meu show será o primeiro. Farei a abertura com aquele frio na barriga, mas espero entregar uma apresentação à altura do evento. O convite do Afonso foi uma honra muito grande e espero deixá-lo orgulhoso”, dispara.

O duo luso-brasileiro Las Forasteras, composto por Mila Tiso e Maria Salvação, também sobe ao palco do BB&J pela primeira vez. Elas se juntaram em 2012, a fim de experienciar a música de rua e experimentar o público internacional em Lisboa. “Assim fomos por alguns países e então chegamos ao Brasil, de imensos e acolhedores paraísos. Aqui ficamos e estamos há quase dez anos, circulando entre Sudeste e Nordeste, levando as ‘músicas do mundo’ a quem tem e a quem não tem acesso”, afirma o duo.

MT em MS

Já o Underground Blues, de Cuiabá (MT), além das expectativas para o evento, também sente um pouco de ansiedade. “Estamos muito felizes e preocupados com a responsabilidade de fazer um show em homenagem ao Renato [Fernandes, Bêbados Habilidosos] aí na terra dos Bêbados… sabemos que o público de MS reverenciava muito o Renato e toda a obra dos Bêbados Habilidosos, então para nós é uma sensação de dever a ser cumprido, queremos fazer uma entrega de muito respeito e com todo nosso coração. Sem dúvida nenhuma, essa vai ser a nossa apresentação mais importante desde quando começamos”, pontua o baterista, Luiz Brizuela.

A Free Blues Band, de Rondonópolis (MT), também está com altas expectativas. “Estamos ansiosos por tocar no festival de Bonito por ser um dos festivais mais importantes da região e, até mesmo, um dos melhores do país. É muita responsabilidade, ainda mais tendo nomes tão importantes no line up do festival. Preparamos um repertório bem seleto, recheado de improvisos de todos nós, e ainda teremos participações muito especiais que só vamos revelar no palco mesmo!”, dispara César Ramos, guitarrista da banda.

Hermanos

O Bonito Blues e Jazz é sempre marcado por ter bandas e artistas da região do Mercosul fazendo participações no evento todos os anos. Em 2022 não poderia ser diferente e, desta vez, será possível apreciar o som de Hernan Tamanini, de Buenos Aires, Argentina, e The Fabis, de Assunção, Paraguai.

Tamanini se mostra bastante entusiasmado com o BB&J e, ainda em turnê no Paraguai, falou com a reportagem do jornal O Estado sobre sua participação no festival. “Estou atualmente no Paraguai, contando os dias para chegar a Bonito e conhecer uma quantidade enorme de músicos com os quais quero ter amizade, conhecer a música, quero conhecer a cultura de Mato Grosso do Sul, quero visitar lugares, quero fazer tudo nesses três dias de festival. Quero tocar minha música, quero que as pessoas se apaixonem pelo blues, como eu sou apaixonado por essa música que toco há tantos anos.”

Fabián Vicensini, da banda The Fabis, de Assunção, afirma esperar “que seja uma festa e que todos os presentes possam curtir o que fazemos aqui no Paraguai. Mais do que o público, a expectativa é nossa, de que eles gostem da música que fazemos e também possam curtir os diversos artistas do festival”.

The Fabis também conta com a presença de Dominique Bernal, figurinha já carimbada no BB&J, dadas as várias participações anteriores. “Domi”, como já é conhecido por aqui, conta que “O BB&J é o festival que eu mais espero durante o ano. Sempre surpreende da melhor maneira, não só pelo line-up, mas também pela organização impecável”, e complementa: “O festival é de altíssima importância, tanto para o desenvolvimento do blues e jazz dessa região do Brasil, como para o fortalecimento de laços culturais com os países próximos”.

Serviço

O Bonito Blues & Jazz Festival será realizado no feriado de Corpus Christi, de quinta (16) até sábado (18), em Bonito, nas dependências do hotel Selina Bonito, que fica na Rua Santana do Paraíso, 554, Centro, Bonito-MS.

Confira mais notícias no Jornal O Estado.

Acesse também as redes sociais do Estado Online no Facebook Instagram.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.