Atrás de investidores, MS é destaque no SIAVS

Governador ressaltou importância das obras de escoamento para o setor produtivo

Marcus Moura

O governo do estado de Mato Grosso do Sul foi o único a montar um estande no SIAVS (Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura), maior encontro dos setores no Brasil, realizado em São Paulo. A iniciativa de estar presente fisicamente no evento foi para mostrar aos investidores os benefícios de se investir em MS, segundo o governador Reinaldo Azambuja.

Para o chefe do executivo estadual, entre os objetivos, estão: gerar renda e emprego, além de fomentar ainda mais a produção. Ele também ressaltou que hoje existe um horizonte propício, principalmente no cenário das exportações proteínas, energia, produtos agropecuários e commodities.

Entretanto, Azambuja destaca a necessidade de tornar o Estado mais viável no quesito logística para outros mercados, como o da China, que enfrenta uma epidemia da PSA (Peste Suína Africana) e precisar comprar para atender a sua demanda interna. “Esse desafio que o produtor enfrenta da porteira pra dentro, a ineficiência e baixa logística para aumentar a nossa competitividade, talvez seja este mais um grande desafio que nós temos que enfrentar conjuntamente com o setor produtivo”, explica.

Outro ponto abordado pelo governador foi a “guerra das informações desencontradas”, que atrapalhar o potencial produtivo do Brasil. “Esse é um dos grandes desafios, principalmente do setor produtivo, trabalhar as informações corretas para proteger esse enorme potencial que é a produção da avicultura e suinocultura, que prospecta para o futuro”, disse.

Rota Bioceânica

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, lembrou de mercados potenciais, como a Índia e os países árabes, para ressaltar a importância da Rota Bioceânica. “Mato Grosso do Sul tem todas as condições para atender esta demanda. Nós temos produção agrícola, farelo, milho, temos o produtor rural disposto a investir e temos linhas de financiamento para apresentar o Estado tanto para o produtor como também para indústrias brasileiras e internacionais”.

Já a ministra Tereza Cristina elogiou o Estado pelo estande, que dá mais visibilidade a MS em meio aos investidores. “Isso demostra que o Estado está atento a atividade que emprega e gera renda, que utiliza o milho que nós colhemos lá, enfim, olhando pra fora e não só para dentro. Está se capacitado mais e se mostrando mais”.

Mato Grosso do Sul é hoje o 5º no ranking nacional na produção de suínos, abrigando a indústria Aurora de Alimentos, em São Gabriel do Oeste e Cooperativa Agroindustrial Alfa, em Sidrolândia.

Também estiveram presentes os governadores do Espírito Santo, Renato Casagrande; Minas Gerais, Romeu Zema; Paraná, Ratinho Júnior; Rio Grande do Sul, Eduardo Leite; e de São Paulo, João Doria, porém somente MS tinha estande.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.