AMONG US NAS ESCOLAS: Projeto mescla teatro e game para divulgar ciência

Among Us

Na última semana de julho teve início o projeto “Among Us nas Escolas”, uma ação de divulgação científica desenvolvida em escolas de nível médio da rede pública de Mato Grosso do Sul. Inspirada no game como forma de ampliar a divulgação entre adolescentes e jovens, a ação usa teatro e estratégias de engajamento on-line para falar sobre ciência e a possibilidade de educação superior no Estado.

Realizada pelo Mídia Ciência, projeto desenvolvido pela Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul), junto com a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), a atividade teve início em 29 de julho, de forma on-line e com a participação de estudantes do Ensino Médio da Escola Estadual Peri Martins, de Bataguassu, cidade distante 310,9 km de Campo Grande, e segue durante todo o semestre em outras escolas. A ação contou com apoio da Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul.

“Nosso objetivo é, primeiro, falar de ciência com alunos do jeito mais acessível possível, por isso fizemos referência a um jogo que é familiar para a grande maioria deles”, explica o coordenador do projeto, André Mazini, que complementa: “Também mostramos aos estudantes um panorama das possibilidades que eles têm de continuar uma formação superior após a conclusão do Ensino Médio, compartilhando informações sobre processos seletivos, cotas, bolsas, auxílios financeiros, opções de cursos, entre outras”.

Para todo o MS

De acordo com André o projeto deve abranger todo o Estado, e caso alguma escola deseje abraçar o projeto, Mídia Ciência está aberto a convites. “Estamos em contato com a Secretaria de Educação do Estado, que está ajudando a intermediar o contato com as escolas. O nosso objetivo é circular em todas as regiões de Mato Grosso do Sul pela rede pública de ensino. Neste primeiro momento focamos na rede pública, principalmente escolas da rede estadual que têm mais Ensino Médio, mas eventualmente também junto a redes municipais de ensino. Existe total possibilidade de uma escola interessada entrar em contato conosco e solicitar a intervenção, estamos abertos a convites também.”

A estreia na escola de Bataguassu contou com a participação de mais de 50 estudantes, do 1º ao 3º ano do Ensino Médio. A ação é dividida em duas etapas: a primeira corresponde a uma apresentação teatral e interativa, inspirada no jogo “Among Us”, apresentando a história fictícia de uma investigação criminal que só é resolvida graças ao apoio de cientistas da UEMS. Em seguida, o projeto propõe um bate-papo com os estudantes sobre as possibilidades de formação em universidades de Mato Grosso do Sul.

Ideia que deu certo

André Mazini avalia este primeiro momento do projeto Mídia Ciência como bastante proveitoso e revelou um detalhe interessante neste encontro na Escola Estadual Peri Martins. “O encontro da Peri foi muito bom. Nós tivemos uma boa adesão, não é uma escola grande, mas, mesmo assim, ultrapassou a marca de 50 pessoas participando de uma oficina. Nós gostamos muito do feedback da escola. Participaram a diretora adjunta, teve professora que participou, então acabou chamando a atenção não só dos estudantes, mas da comunidade escolar também. Essa escola particularmente tem ainda um diferencial. Eu estudei parte do ensino médio e fundamental lá. Eu não tinha mais contatos com a escola, mas isso gerou uma identificação que tornou esse encontro em Bataguassu ainda mais especial e tivemos um retorno muito bacana da parte deles.” Acesse a reportagem completa no caderno de Artes e Lazer no Jornal Impresso

(Texto: Marcelo Rezende)

Acesse também: Ronaldinho Gaúcho anuncia Copa R10 com R$ 80 mil em premiação

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.