Ismac volta de brasileiro com dez medalhas para o judô

Os judocas do Ismac (Instituto Sul-Mato-Grossense para Cegos) voltaram com duas medalhas do Grand Prix de Judô e outras oito da Copa Antônio Tenório, que aconteceram simultaneamente no Centro de Treinamento paralímpico, em São Paulo (SP). Estiveram presentes 164 atletas de quase 50 instituições diferentes.

Na competição principal, Luan Pimentel levou a melhor na categoria leve (até 73 kg), após vencer seu principal adversário no Brasil, Denis Rosa. “O Luan fez uma competição impecável, atento aos detalhes e instruções que demos. Venceu por ippon [golpe perfeito]. Se Deus quiser agora é rumo a Tóquio”, fala a sensei Thalita Silva. Jorge Nakashita ficou com o bronze na categoria ligeira (até 63 kg).

Entre os mais novos foram quatro ouros, duas pratas e três bronzes. “Temos pouco tempo de treino, apenas duas vezes por semana, e mesmo assim eles vêm apresentando esse resultado, conquistando o lugar mais alto do pódio. Isso é muito satisfatório, porque nosso intuito não é só ter o judô como esporte, mas também como ferramenta de inclusão e autonomia”, completa a técnica.

Na copa que leva o nome de uma das lendas da modalidade medalharam Hellen Machado (1°), Luciano Stuart (1°), Lara Amaral (1°), Gabriel Rodrigues (1°), Felipe Alves (2°), Vinícius Campos (2°), Larissa Oliveira (3°), Kelly Victorio (3°) e Fladmir Matos (3°). (DM)

(Texto: Danielle Mugarte)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.