Com nova dupla, Talita sonha em jogar quarta Olimpíada

20210603183735912886a

Sul-mato-grossense já treina com Rebecca, quinto lugar em Tóquio

A aquidauanense Talita, 39 anos, iniciou na terça-feira (7) os treinos com sua nova companheira de equipe, a fortalezense Rebecca, 28, que anunciou no último dia 25 o fim da parceria com Ana Patricia. Experiência não faltará para o time brasileiro que já fala em buscar uma das duas vagas para Paris 2024.

Agora, Talita e Rebecca treinarão em Fortaleza sob o comando do técnico Reis, para a estreia na primeira etapa do Circuito Brasileiro de vôlei de praia, entre os dias 21 e 26 deste mês, na Urca, no Rio de Janeiro.

Rebecca viveu sua primeira experiência olímpica em Tóquio, ao passo que Talita acumula três Jogos no currículo. Juntas, as duas esperam brigar pelos títulos do Circuito Brasileiro, Mundial e buscar a classificação e uma medalha olímpica em Paris 2024.

“Estou muito feliz com esse novo projeto, mais um desafio na minha carreira. Vou dividir as quadras com a Rebecca, que eu admiro como atleta e pessoa, e sempre tive um carinho enorme por ela. Jogamos uma final do Rainha da Praia juntas e foi muito bom”, falou Talita, por meio de assessoria de imprensa. “Tenho certeza de que formaremos um grande time e vamos trabalhar muito para isso acontecer”, afirmou a sul-mato-grossense, que é filiada à federação de Alagoas.

Talita participou dos Jogos do Rio 2016, Londres 2012, e Pequim 2008, quando, ao lado de Renata, ficou entre as quatro melhores duplas. Na cidade carioca, sua parceira foi Larissa, e na capital britânica, atuou ao lado de Maria Elisa, sua última parceira antes de fechar agora com Rebecca. Em Tóquio 2020, Talita fez parte do quadro de comentaristas da Rede Globo.

Rebecca desfaz dupla após 5 anos

Aos 28 anos, Rebecca recebeu Talita em sua cidade natal (Fortaleza), e espera que a experiência das duas faça a diferença para conquistarem vitórias dentro de quadra. “Este último ciclo foi muito intenso. Viver a ansiedade de uma primeira Olímpiada junto com a pandemia foi muito desafiador”, falou a cearense.

“Ao mesmo tempo, foi tudo muito incrível. Pude aprender e crescer muito. E agora neste novo ciclo eu espero que eu e Talita consigamos dar o nosso melhor para que seja uma parceria vencedora. É uma atleta que dispensa comentários, extremamente vencedora, experiente e que eu me dou muito bem”, disse Rebecca.

Atualmente uma das principais jogadoras do Circuito Mundial, Rebecca desfez parceria que durou cinco anos. Ao lado de Ana Patricia, conquistou etapas do Circuito Mundial e o título brasileiro. A mineira ainda não decidiu quem será sua nova companheira de equipe. Acesse também: Após vitória e novo recorde pela Seleção, Neymar se diz ‘perseguido’

Ajude o meio ambiente e o combate a incêndios florestais clicando no primeiro banner do site O Estado Online

(Texto: Luaciano Shakihama)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.