Tesouro Nacional: MS tem 91,47 pontos e é o 2º melhor do País no ranking de Informação Contábil e Fiscal

Instagram/@Jaimeverruck
Instagram/@Jaimeverruck

Mato Grosso do Sul foi consagrado hoje (24) como o 2° melhor Estado do País no Ranking da Qualidade de Informação Contábil e Fiscal do Tesouro Nacional. Com dados de 2020, o Estado conseguiu obter 91,47 pontos, ranking “A”, só ficando atrás de Pernambuco, que obteve 92,6 pontos.

De acordo com o secretário da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck explicou que no levantamento são avaliados mais de 100 critérios como saúde, educação, envio no prazo dos relatórios fiscais, matrizes de saldos contábeis e implantação dos procedimentos patrimoniais.

Em seu perfil do instagram, o secretário de Infraestrutura do Governo de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel publicou que o resultado foi baseado em um processo empresarial. ”Essa administração do processo dentro do negócio é muito cara para Mato Grosso do Sul. A transformação cultural é o que a gente consegue fazer aos poucos, com os valores aplicados, e é isso que o Estado tem conseguido avançar.”

Créditos: Tesouro Nacional

Este ranking avalia a consistência das informações (contábeis e fiscais) que são enviadas pelos estados ao Tesouro Nacional, por meio do Siconfi (Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro), que logo depois disponibiliza estes dados ao acesso público.

Evolução

Mato Grosso do Sul evoluiu bastante no ranking do Tesouro Nacional, já que em relação a 2019 ocupava a 7° colocação entre os estados e agora já está na vice-liderança.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *