UFMS, UEMS, Cuba e Unicsul avaliam crianças no interior

Para avaliar psicologicamente crianças no interior do Estado, na última semana, a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) Campus de Paranaíba (CPAR) recebeu professores da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems), da Universidade de Havana, em Cuba, e da Universidade Cruzeiro do Sul (Unicsul). A ação foi com crianças do CEINF do Jardim América, localizado na cidade de Paranaíba. A atividade faz parte do projeto de pesquisa “Desenvolvimento da Função Simbólica a partir do Ensino das Diferentes Linguagens”.

Por ser um projeto interinstitucional, a iniciativa é coordenada pela professora Maria Silvia Rosa Santanam da UEMS e desenvolvido com a colaboração do CPAR pelas professoras Jassonia Lima Vasconscelos Paccini e Renata Bellenzani, além da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp/Marília), da Unicsul e da Universidade de Havana.

O projeto é desenvolvido no Ceinf do Jardim América desde 2017 e possibilita aos alunos do curso de Psicologia o contato com a prática da futura profissão, enriquecendo a formação dos acadêmicos. Esse ano, a avaliação de algumas crianças foi realizada na sala de espelhos da Clínica Escola de Psicologia Carolina Martuscelli Bori. A avaliação foi conduzida pelos professores Guillermo Arias Beatónm da Universidade de Havana e Laura Calejon da Unicsul. Os alunos Josavia Anthony, Cristian Donat, Marcelo Suave, Pedro Floride e Amanda Ávila puderam acompanhar de perto todo o processo.

Amanda relata que a experiência foi muito importante, pois a ajudou a compreender melhor como lidar com crianças em situações de avaliação psicológica. Para a aluna, o mais relevante foi compreender e observar como se realiza uma avaliação de acordo com a Psicologia Histórico Cultural. “Não se trata apenas do resultado da avaliação, para nós é mais importante o processo, identificar as potencialidades das crianças e orientar a realização de intervenções para mediar esse desenvolvimento”, afirma.

O discente Cristian teve contato com a prática da Psicologia este ano e, segundo ele, atividades assim são de extrema importância para o aprendizado. “Ter a possibilidade de observar uma avaliação do desenvolvimento de crianças é algo especial, porque você vê a responsabilidade e a complexidade que é avaliar o processo de desenvolvimento, ainda mais na perspectiva Histórico-Cultural, na qual avaliação não visa só o desenvolvimento real, mas aquele desenvolvimento que está próximo, aquilo que a criança consegue fazer sozinha” relata.

A atividade propiciou aos alunos a aproximação entre teoria e prática, já que a avaliação psicológica faz parte dos conteúdos presentes na grade do curso de Psicologia. Pedro está cursando nesse semestre a disciplina de Avaliação Psicológica II, onde estuda alguns testes, entre eles o projetivo, utilizado por Guillermo e Laura. “O segundo teste que ele [Guillermo] aplicou foi o projetivo dentro da perspectiva histórico-cultural, bem diferente do que estamos vendo em sala, foi muito interessante. O professor Guillermo e a Laura são pessoas que eu já vi, já participei de minicurso deles, sei da competência. Foi bem interessante, agregou muito para o meu conhecimento sobre testes, desenvolvimento e educação infantil”. (Rafael Belo com UEMS)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.