Ruas do centro vão ser padronizadas

Para dar continuidade a revitalização e padronizar a região central de Campo Grande, a prefeitura autorizou a criação de projeto que irá mudar a ‘cara’ das vias que cruzam a Rua 14 de Julho, foco da atual fase do Reviva Campo Grande. O trecho que passará pela readequação corresponde as vias que se encontram entre o quadrilátero que vai da Avenida Fernando Corrêa da Costa, até a Avenida Mato Grosso, e entre a Avenida Calógeras e Rua Padre João Crippa.

Segundo a coordenadora da Central de Projetos, Catiana Sabadin, apesar de buscar requalificar as vias as obras realizadas no centro não são iguais. “Diferente da obra realizada na Rua 14 de Julho, nós não vamos mexer na infraestrutura da via. Nós vamos trabalhar na parte mais superficial, focando no recapeamento, acessibilidade e paisagismo das ruas”, aponta Catiana. A obra será voltada para a padronização do mobiliário, passando a ter pontos de ônibus, bancos e lixeiras, iguais em todas as vias. Também pensando na acessibilidade, as calçadas passaram por adequações, tendo melhorias na sinalização e na iluminação, que terá o sistema de iluminação nas vias, substituído por LED. “Revitalizar é requalificar as vias, nós vamos trabalhar principalmente a questão da acessibilidade, permitir que as calçadas sejam mais acessíveis, os projetos são de engenharia para prefeitura, e busca igualar o centro da Capital”, ressalta a coordenadora.

Cerca de 15 ruas serão contempladas com a readequação. A prefeitura publicou no Diário Oficial de ontem (25) o contrato com a Empresa Consórcio Campo Grande que irá realizar o projeto de infraestrutura, arquitetura, urbanismo e paisagismo, e daqui 8 meses as obras devem sair do papel. “Nós contratamos esses projetos agora, e são quatro meses para eles ficarem prontos. No fim do ano, nós lançaremos as licitações das obras. Entre fevereiro e março de 2020 serão iniciados os trabalhos nas ruas”, destaca Catiana.

Município começa recapeamento em parceria com a Águas Guariroba

Com a fresagem (remoção) de trechos do pavimento trincados e já comprometidos, na quadra entre a Avenida Mato Grosso e a rua Abrão Julio Rahe, a rua Arthur Jorge começou a ser preparada para o recapeamento que se estenderá por 1,6 km, até a rua Rachid Neder. Segundo o secretário Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, é a largada do planejamento feito em conjunto com a Águas Guariroba, que prevê a execução 78 quilômetros de recapeamento até dezembro de 2020. São trechos de ruas nas sete regiões urbanas da cidade onde a concessionária vai substituir a rede de água com encanamento em cimento amianto, por canos de PVC, troca prevista no contrato de concessão.

Ainda neste ano, serão executados 33,8 quilômetros de recapeamento, enquanto no ano que vem, cobrirá mais 44,4 km. O recapeamento será feito quadra a quadra para reduzir o impacto da obra sobre a mobilidade urbana, já que nos locais onde o serviço estiver em andamento, o trânsito ficará interditado. Depois da Arthur Jorge, já estão programadas intervenções na Rua Pernambuco, numa extensão de 2,1 quilômetros (da Padre João Cripa até a Bahia e da Ceará até a Nelly Martins); mais 1,3 km da Antônio Maria Coelho (da Rua 25 de Dezembro até a Rua Bahia) e outros 800 metros (entre as Avenidas Ernesto Geisel e América).

Na região urbana do Centro, que receberá 20,5 km de recapeamento, estão incluídas vias como a Avenida Salgado Filho, 2,8 km entre Calógeras e Tiradentes e mais 1,5 km (já na região urbana do Bandeira), entre as Avenidas Afonso Pena e Noroeste. As ruas 14 de Julho e 13 de Maio terão o pavimento refeito entre avenidas Consolação e Fernando Correa da Costa. Na região do Lagoa, que terá 4,1 km de recapeamento, receberão novo pavimento, a Avenida Tiradentes (entre Jamil Nachif e Salgado Filho) e ruas da Pátria (da Campos Sales até a Coronel Rogaciano) e Franklin Espindola. No Imbirussu, serão 1,7 km nas ruas Silveira Martins e Tietê. No Bandeira, 2,5 km, nas ruas Winston Churchill e Hélio de Castro Maia.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.