Prosseguir: novas regras para os trabalhadores da cultura

Prosseguir: novas regras para os trabalhadores da cultura

Durante a coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (2), foram estabelecidas regras para que os trabalhadores da cultura de Mato Grosso do Sul recebam os benefícios do MS Cultura Cidadã e as vantagens do plano de retomada econômica do Governo do Estado. Estes  foram alguns dos assuntos principais questionados pelo secretário de Infraestrutura e presidente do Comitê Gestor do Prosseguir, Eduardo Riedel e pelo diretor-presidente da Fundação de Cultura do Estado, Gustavo Arruda Castelo.

“É importante destacar que estamos falando do atendimento a um dos setores mais afetados pela pandemia: a classe artística. Esta é a terceira vez que o Governo do Estado disponibiliza recursos para esta categoria. Em 2020, por exemplo divulgamos duas edições do Edital emergencial MS Cultura Presente”, acrescentou Riedel.

O diretor-presidente da Fundação de Cultura ainda apresentou as regras principais do privilégio, onde o prazo de inscrição vai até 17 de setembro,  no site www.mapacultural.ms.gov.br . “O trabalhador da cultura não poderá ter emprego formal ativo em empresas privadas, não pode ter cargo, emprego ou funções públicas e não pode ser titular de benefício previdenciário e nem estar recebendo seguro-desemprego”, disse Castelo.

“O Estado tem tido essa atenção em relação aos setores mais afetados e passa por induzir a retomada e, enquanto isso não acontece de maneira plena, vai apoiar esses artistas e todo este setor para que continuem suas atividades”, destacou Riedel.

MS Cultura Cidadã

O projeto “MS Cultura Cidadã” vai proporcionar que contadores de histórias, técnicos, produtores, curadores, oficineiros, designers de moda, professores de escolas de artes e capoeira, dentre outros profissionais da cultura estadual, tenham acesso ao auxílio financeiro de R$ 1.800, que serão depositados em três parcelas de R$ 600.

O valor do investimento de apoio financeiro emergencial totaliza R$ 3.230.000,00, que será custeado pelo Tesouro Estadual e cerca de 1.800 trabalhadores poderão se beneficiar com estes recursos.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.