Mais de 35 mil pessoas devem passar por aeroporto e rodoviária nesse feriado

Valentin Manieri
Valentin Manieri

O último feriado de 2021, comemorado na próxima segunda-feira (15), deve ser de aumento no número de passageiros que passarão pelo Aeroporto Internacional de Campo Grande e pelo terminal rodoviário da cidade. Somente no primeiro são esperadas mais de 17.910 pessoas, volume 48% maior que o registrado no mesmo período do ano passado. Além disso, na rodoviária, a expectativa é de que 20,6 mil passageiros embarquem com destinos para outras cidades do Estado.

Valentin Manieri

Segundo informações da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), o aeroporto de Campo Grande deve registrar, até a próxima terça-feira (16), 138 voos, número que representa um incremento de 53% na comparação com o ano passado, quando o local obteve apenas 90 aeronaves. Com isso, a empresa aposta em um crescimento de 48% no número de passageiros, totalizando 17.910 viajantes neste ano, perante os 12.114 de 2020.

Ainda conforme a empresa, o aumento na procura por viagens deve ser uma tendência nos 37 aeroportos da rede com voos comerciais regulares durante o feriado de proclamação da República de 2021, que devem receber 684 mil passageiros, entre os dias 12 e 16 de novembro. O número é 47% maior em relação ao movimento do ano passado, quando 464 mil pessoas embarcaram e desembarcaram nos terminais da empresa, entre os dias 13 e 17 de novembro.

Estão previstos também 5,4 mil pousos e decolagens no período, 40% superior em relação aos 3,8 mil voos realizados em 2020. A expectativa é de que os dias mais movimentados sejam
essa sexta-feira (12) e a terça-feira (16), cada dia com 160 mil passageiros e 1,2 mil aeronaves.

Para quem escolheu pegar a estrada, o terminal rodoviário de Campo Grande também está com boas expectativas para os próximos dias. Segundo a concessionária responsável pela gestão do Terminal Rodoviário Antônio Mendes Canale. Entre sexta-feira (12) e a próxima terça-feira (16), mais 20,6 mil pessoas devem embarcar e desembarcar pelo terminal rodoviário da Capital, tendo as cidades de Corumbá, Cuiabá, Ponta Porã, Dourados, São Paulo e Brasília como os destinos mais procurados.

A retomada do movimento de passageiros acontece de forma gradual no transporte rodoviário. O terminal rodoviário de Campo Grande, que chegou a apresentar redução total, por conta das paralisações de atividades decretadas pela Prefeitura de Campo Grande, atualmente apresenta redução na casa dos 10%, em comparação com o período pré-pandemia.

De olho na segurança, a concessionária recomenda: uso de máscara; atenção para as aglomerações; caso não seja possível ou não deseje mais viajar, pode checar a disponibilidade de passagens e opções de datas e horários; lave bem as mãos ou faça uso constante de álcool gel e, caso apresente algum sintoma da COVID-19, entre em contato com a empresa e remarque
a sua viagem. O passageiro rodoviário tem prazo de até um ano para remarcar a data da sua passagem. (Texto: Michelly Perez)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.