França e Alemanha visam inteligência artificial

França e Alemanha nos próximos meses irão realizar propostas com o intuito de investir dinheiro público em instalações de armazenamento de dados.

De acordo com o ministro das Finanças da França, Bruno Le Maire o objetivo é afastar a Europa de centros de dados estrangeiros, além de estimular o investimento em inteligência artificial.

Le Maire afirmou que os investimentos serão baseados em uma recente iniciativa conjunta para financiar o desenvolvimento de baterias, uma vez que a França e a Alemanha desejam evitar a dependência de baterias chinesas.

“Faremos propostas com a Alemanha nos próximos meses para investir dinheiro público em armazenamento de dados para inteligência artificial, a fim de proteger os dados europeus”, disse Le Maire a jornalistas durante um fórum anual de negócios.

O ministro da Economia alemão, Peter Altmaier, disse que a Europa ficou para trás e que é preciso encontrar uma alternativa para não se tornar dependente de empresas norte-americanas e chinesas.

“Temos interesse na Europa para manter nossos dados na Europa. Temos interesse em criar estruturas de dados soberanas”, disse Altmaier na mesma conferência.

Nenhum dos ministros informou a quantia que será investida no projeto. (Jéssica Vitória com informações da Reuters)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.