Dado Dolabella pede perdão por agressão a Luana Piovani em 2008

Reprodução/Internet
Reprodução/Internet

O ator Dado Dolabella, 40, pediu desculpas à ex-namorada Luana Piovani, 44, e disse que se arrependeu bastante de ter agredido a atriz, em 2008. A afirmação foi feita pelo artista ao responder o comentário de um usuário do Instagram sobre o episódio.

Dolabella falou que perdeu a cabeça e se envergonha muito. “Foi o que me fez ser quem eu sou hoje. Somos frutos dos nossos erros e acertos, mas principalmente daquilo que fazemos com os nossos”.

O ator publicou ainda na rede social um stories pedindo desculpas à atriz e disse que esse foi um dos motivos que o fizeram se tornar vegano. “Luana, sinto muito! Me perdoe! Eu te amo! Sou grato! Muita paz na sua caminhada”, escreveu.

Antes do pedido de desculpa de Dolabella, Luana lembrou a agressão sofrida e lamentou não ter sido acolhida como a ex-mulher do DJ Ivis. “Fico feliz em ver as mulheres se unindo e denunciando, pois quando eu fui agredida não tinha campanha e nem Insta”.

Luana lembrou que seis meses depois da agressão o ex-noivo ganhou o reality A Fazenda (Record), em 2009, e as mulheres diziam “vem bater em mim”. “As mulheres já me envergonharam e pioraram a minha situação imensamente. Suspiro aliviada em ver que uma mudança está acontecendo”.

Dolabella foi condenado em 2014 pela Lei Maria da Penha por agredir Luana. Na época ela era namorada dele. Ele também bateu numa camareira dela. Dado foi condenado a pena de dois anos e nove meses em regime aberto por danos morais e acatou a decisão.

Também em 2014, Dado foi condenado a dois meses e 15 dias de prisão por injúria e dano após escrever xingamentos na lataria do carro da ex-mulher, Viviane Sarahyba. Ele negou tudo.

O caso de agressão de Dolabella contra Luana voltou a ficar em evidência após a agressão sofrida pela influenciadora Pamella Holanda, 27, cometida por DJ Ivis, 30. Infelizmente, não foi o primeiro no ramo artístico. Longe disso. Muitos famosos já foram acusados e até condenados por agredir suas então mulheres.

No Brasil, um dos mais recentes e que explodiu na mídia foi o envolvendo Duda Reis, 20 e o cantor Nego do Borel, 29. Duda afirmou que Borel a agredia fisicamente e que ameaçava matar seus pais, resultando em seu completo afastamento da família.

“Ele quebrava as coisas na casa quando estava nervoso. Falava: ‘Estou quebrando a casa para não quebrar você’. Teve um episódio em que ele quebrou uma porta no meio com cabeçada para não me quebrar”, disse ao Fantástico. O cantor negou tudo. (com Folhapress)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *