CPI da Covid reconvoca Queiroga e Pazuello para novo depoimento

(Crédito: AFP)
(Crédito: AFP)

Comissão aprovou também a convocação de Arthur Weintraub e Carlos Wizard

A CPI da Covid aprovou nesta quarta-feira (26) a reconvocação do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello e do atual comandante da pasta, Marcelo Queiroga. Pazuello foi ouvido durante dois dias na CPI na semana passada. Queiroga também já foi ouvido.

A cúpula da CPI entendeu que era necessário ouvir novamente o ministro e o ex-ministro.
A CPI também aprovou a convocação de Arthur Weintraub, ex-assessor da Presidência da República suspeito de integrar o gabinete paralelo que teria assessorado o governo em assuntos da pandemia.

O presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM), quer ouvir novamente o ex-ministro Eduardo Pazuello para esclarecer contradições e mentiras que, segundo integrantes da CPI, contou nos dois dias que falou aos senadores.

Outro esclarecimento que a CPI pretende faz é sobre a data em que o Ministério da Saúde foi informado sobre a falta de oxigênio em Manaus, no Amazonas, em janeiro deste ano. Pazuello e a secretária da pasta Mayra Pinheiro apresentaram versões diferentes sobre o aviso.

Omar ainda disse que, se Pazuello voltar à CPI sem a proteção de um habeas corpus, o depoimento “não será da mesma forma” dos anteriores.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *