Arrecadação de impostos em 2020 tem o pior resultado em 10 anos

A pandemia de covid-19 levou a arrecadação federal a ter queda de 6,91% em 2020, na comparação com o ano anterior. Dados divulgados pela Receita Federal nesta segunda-feira (25) mostram que foram levantados R$ 1,526 trilhão em impostos nos últimos 12 meses.

Considerando valores atualizados pelo IPCA, o resultado anual foi o pior desde 2010, quando a arrecadação foi de R$ 1,47 trilhão.

Entre os principais fatores que explicam a queda na arrecadação está a retração da atividade econômica por causa da pandemia de covid-19. Para enfrentar as consequências do coronavírus, o governo decidiu reduzir alguns tributos, como o IOF (Imposto Sobre Operações Financeiras). A decisão custou R$ 19,7 bilhões aos cofres públicos.

Houve ainda R$ 85 bilhões em diferimentos de impostos e redução do Imposto de Importação de produtos médicos ligados ao combate à doença. Segundo o Fisco, houve alta nominal de 58,86% no volume de compensações tributárias, para R$ 62,1 bilhões.

Para o ministro da Economia, Paulo Guedes, a queda foi menor do que o esperado pelos analistas do mercado financeiro no início da crise, em março. Na avaliação dele, a retração foi “relativamente branda” e “excelente”. “Fizemos uma recuperação em V, com diversos setores tendo um PIB ligeiramente acima da pré-pandemia”. Veja mais notícias sobre economia.

(Com informações: Poder360)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.