UEMS vota sobre retorno de vestibular na sexta-feira

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) realiza na sexta-feira (02)  reunião para decidir sobre o retorno do vestibular da instituição.  A pauta surge após dez anos sem essa forma de processo seletivo pela Universidade.

Caso seja aprovado o retorno do vestibular, os estudantes terão três opções para ingressar na UEMS, sendo o processo Seletivo Vestibular; Sistema de Seleção Unificada (SISU) e Processo Seletivo Permanente. 

A vice-reitora da UEMS, Celi Correa Neres, ressalta que a iniciativa do retorno da realização de vestibular é resultado de uma demanda acadêmica advinda dos docentes da Universidade, dos gestores e também da sociedade sul-mato-grossense. “A UEMS apresenta essa característica de interiorização da educação superior e entendemos que o vestibular dessa forma poderá ser mais uma ferramenta de acesso à universidade pública aqui no MS, o que na nossa avaliação beneficiará a sociedade sul-mato-grossense”, destaca.

Maria José Cordeiro, Pró-reitora de Ensino, explica que, com a aprovação, o vestibular retornará já em 2021, inicialmente com 50% das vagas ofertadas via vestibular e 50% ofertadas por meio de notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). “O processo seletivo da UEMS deve ocorrer no mês de fevereiro de 2021 e o fato de retornamos após dez anos a oferta de vestibular pode contribuir para o maior número de acesso as nossas vagas. Em breve teremos os nossos editais publicados com números de vagas, contendo inclusive as ações afirmativas para cada uma das formas de acesso aos nossos 60 cursos de graduação”, disse.

A reunião do conselho está programada para ocorrer às 8h, via webconferência. Os interessados poderão acompanhar pelo link a votação dessa e de outras propostas.

Veja mais

Evento inédito na Capital traz show presencial no formato drive-in

Presidente sanciona lei sobre segurança de barragens

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *