Famílias lamentam prejuízo após estragos causados por temporal

22ab3601-87b1-4f00-9e3d-eda17d849006

O temporal desta quinta-feira (14), deixou estragos em Campo Grande. A chuva acompanhada de vento,teve início nas primeiras horas da manhã e muitas famílias ainda lamentam o prejuízo com a destruição causada pela queda de árvores e ruas completamente alagadas.

No bairro São Conrado, o vento destelhou casas e parte dos imóveis ficaram descobertos. Franciele Rodrigues da Silva, de 24 anos, estava dormindo com o marido e os três filhos quando a chuva começou. Ela acordou assustada com a queda de parte do muro do seu terreno. Com a força do vento, o telhado da cozinha caiu e a casa encheu de água.

“Nós acordamos muito assustados, parecia cena de terror. Fiquei preocupada com meus filhos. Agora, eles estão na casa da minha sogra, é impossível ficar com as crianças numa situação dessas. Nós ganhamos duas telhas e vamos tentar cobrir nossa casa”,desabafou.

Mais adiante, no mesmo bairro, uma árvores de grande porte caiu em cima de uma casa que ficou completamente destruída. Os moradores estavam abalados e não quiseram falar com a nossa reportagem. Vizinhos se uniram para retirar os galhos e limpar a residência. No mesmo local, um muro caiu e a rua ficou interditada com a queda de outra árvore.

Na legião leste da cidade, moradores do Jardim Noroeste sofrem com ruas alagadas e sem asfalto. “Sempre que chove, sofremos com isso. As ruas ficam feias e com grandes crateras”, denuncia Juliano Alexandre de Sena D’avila, morador da região. Em redes sociais os moradores relatam que há mais de 12 anos a situação é a mesma. Reclamam da quantidade pedras e areias acumuladas após a chuva.

 

 

 

 

Veja mais notícias no Jornal Impresso

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *