Em 5 meses, abertura de novas empresas no Estado passa da metade do total de 2021

Foto: Marcos Maluf/Jornal OEstadoMS
Foto: Marcos Maluf/Jornal OEstadoMS

Por Taynara Menezes – Jornal O Estado MS

Os primeiros cinco meses de 2022 já registraram 18.690 novas empresas abertas em Mato Grosso do Sul. O número inclui as microempresas e passa da metade do total do ano passado, quando foram registrados 35.770 novos negócios no Estado.

Os dados fazem parte do Mapa Empresarial do Ministério da Economia, sistematizados pela Funtrab (Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul). O ritmo crescente anima e aquece a economia local, visto que o resultado ultrapassa até o valor do ano de 2019 (pré-pandemia), com 29.179 empresas e microempresas.

Deste total, 4.157 firmas de portes médio e pequeno foram abertas. Em 2020, ápice da pandemia e sem vacina, o número saltou para 32.851.

Microempresas – Dos 18.690 novos negócios deste ano, 17.617 são microempresas. Com isso, aumenta a expectativa de que a estatística do ano anterior seja superada mais uma vez. A loja de vestuário masculino DL Store tem contribuído para este cenário.

Inaugurada em maio deste ano, o MEI (Microempreendedor Individual) Daniel Lima Junior, de 41 anos, iniciou o negócio em parceria com seu filho e contratou um funcionário.

“Nossa loja nasceu com as viagens que eu fazia com a minha esposa, que vende roupa feminina, eu senti vontade de investir no setor masculino. Comecei com duas araras na sala da minha casa, sempre tive o sonho de ter uma loja física. Com a pandemia, as vendas intensificaram, contratei duas pessoas para realizar entregas. Depois da pandemia, chamei meu filho, alugamos o local e conseguimos inaugurar dia 7 de maio”, explicou.

PIB – O governador Reinaldo Azambuja atribui o desempenho da economia e projeção positiva de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) ao investimento em obras estruturantes, de transporte e logística.

Ele destaca que as mudanças estruturais ajudaram a enfrentar as crises conjunturais e a economia do Estado segue a todo vapor diante de um ambiente favorável.

“Contas equilibradas e liquidez, capacidade do Estado em honrar seus compromissos. É neste ambiente que os investidores preferem instalar seus empreendimentos, investir seu capital. Nenhuma empresa funciona sozinha, daí o aspecto social, que na realidade, uma empresa que investe, está, sem dúvida, criando condições de aumentar a sua produtividade, aumentar emprego e renda, sem considerar a cadeia produtiva, o transporte, a logística e tudo mais que se agrega nesse processo”, argumenta.

O chefe do Estado calcula que as perspectivas de crescimento do PIB se confirmem de acordo com as projeções de crescimento de 4,7% no acumulado de 2020-2022, baseado no desempenho do agro, da indústria, do comércio e do setor de serviços.

Outro fator de expectativa é o Corredor Bioceânico, que abrirá um novo acesso do Brasil ao mercado asiático pelo Pacífico, além da rota Ásia-Pacífico, que vai desencadear outros processos de desenvolvimento, segundo o governador.

“Não vai significar apenas desenvolvimento econômico, mas uma grande janela de oportunidades, de integração social e cultural, integração comercial que vai desencadear muitas ações e atividades, incluindo aí o turismo”, afirmou.

Empregos – O mercado de trabalho formal segue reagindo, conforme o crescimento da economia. No pior ano, em 2020, a geração de empregos não passou de 6.437, reduzindo- -se pela metade em relação a 2019, quando somou 12.599 novos empregos.

Segundo dados do Caged, Mato Grosso do Sul criou 2.586 novas vagas no mercado de trabalho formal em abril deste ano, sendo 29.060 admissões e 26.474 desligamentos.

Com aumento de 3,39% em relação ao mês de dezembro de 2021, o índice coloca MS em 5º lugar em termos de crescimento. No acumulado de 12 meses (de maio de 2021 a abril de 2022), o Estado gerou 37.808 empregos com carteira assinada.

 

Leia a edição impressa do Jornal O Estado MS AQUI

Acesse também as redes sociais do O Estado Online no Facebook Instagram.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.