Aprovada lei que institui atenção psicossocial em comunidades escolares de Campo Grande

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Foi publicada na edição de hoje (5) no Diogrande a lei 6.904 de 4/08/22 que institui a Política Municipal de Atenção Psicossocial nas Comunidades Escolares da REME (Rede Municipal de Ensino). 

Entre os objetivos da Lei estão a garantia aos integrantes da comunidade escolar o acesso à atenção psicossocial e também realização de atendimento, ações e palestras voltadas à eliminação da violência doméstica e familiar contra a mulher.

De acordo com a publicação, são considerados integrantes da comunidade escolar os alunos, professores, profissionais que atuam nas escolas, além dos pais e responsáveis pelos alunos matriculados na escola.

A Lei foi aprovada e teve apenas 1 veto do Art.3º em que se abordava, no projeto de lei, as diretrizes para a implementação da Política Municipal de Atenção Psicossocial.

De acordo com a justificativa publicada anteriormente no projeto de lei, o autor Vereador Betinho (Republicanos), explica que a proposição é inspirada em projeto de lei que tramita no Congresso Nacional visando a criação de uma Política Nacional de Atendimento Psicossocial nas Comunidades Escolares e que aborda a temática no âmbito federal.

Segundo o autor, em sua justificativa “A atenção psicossocial é necessária para o pleno desenvolvimento e saúde mental das crianças e adolescentes, devendo-se considerar este período de grandes transformações e vulnerabilidade que exige a criação espaços de acolhimento e de uma rede de suporte voltados especialmente para essa população.  A escola tem um papel fundamento neste quesito, sobretudo neste momento em que nos vemos obrigados a superar o agravamento dos quadros mentais por conta da pandemia de Covid-19 e em que se discute a implantação da lei que determina o acompanhamento de psicólogos e assistentes sociais nas escolas”.

A publicação pode ser conferida na edição de hoje do Diogrande e pode ser acessado CLICANDO AQUI.

 

Confira mais informações na edição impressa do Jornal O Estado MS.

Acesse também as redes sociais do Estado Online no Facebook Instagram.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.