Categoria Churrasqueiro tem final no “Comitiva dos Chefs”

Provando que churrasco é um dos gostos que são muito bem apreciados pelo campo-grandense, o último dia de julho encerrou o mês selecionando três candidatos, para uma final que acontece no dia 18 de agosto, no Festival Gastronômico Comitiva dos Chefs. A categoria de

Churrasqueiro abriu espaço para que os candidatos apresentassem suas técnicas preferidas no manuseio da carne. Chef idealizadora do evento, Dedê Cesco destaca que os critérios de avaliação observados pelo júri – composto pelos chefs: Thatiana Martins, Renato Ovando Costa, Ludmila Marques Rozal e Celso Smaniotto – são focados na técnica utilizada para elaboração da receita.

“Diferente das outras categorias, a do churrasco observa o ponto e sabor da carne, apresentação, tempero e fogo adequado. São itens que influenciam no resultado final do prato”, explica.

Compondo a final, no encerramento do Festival – contemplado pelo Fundo Municipal de Investimentos Culturais (FMIC) da prefeitura e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur) – estão em 1º lugar: Diego da Silva Costa – pelo preparo de um prime rib com molho de tomate assado e vinagrete de abacaxi; em 2º lugar: Ébano Augusto de Oliveira Lopes – com a pizza de pacu à moda do seu Hideo; e Florêncio Ferreira Ornelas em 3º lugar por seu prime à Ornelas.

Prime rib é um corte – tradicional nos Estados Unidos – característico por ser macio e considerado a parte mais saborosa da costela bovina. As opções mais apreciadas são os

formatos de bifes, grelhados ou assados no forno convencional. Florêncio Ferreira Ornelas apresentou um prime rib à “La Ornelas” – nome em menção ao preparo do tempero autoral que fabrica e comercializa há várias décadas –, acompanhado de banana assada na grelha e polvilhada com canela.

“Eu trabalho como preparador de churrascos há pelo menos 30 anos e criei um tempero especial que também comercializo. Fiquei sabendo do concurso por uma amiga que está estudando gastronomia e resolvi arriscar. Estou muito contente e penso que só por estar aqui já me sinto vitorioso”, revela.

Ébano Augusto de Oliveira Lopes resolveu participar da seletiva apoiado por familiares e amigos. “Cozinhar é um ato de amor que me dá muito prazer, e sempre me interesso em aprender novas receitas. Resolvi apresentar um prato com peixe, já que o pacu é um dos pescados mais tradicionais da bacia hidrográfica de Mato Grosso do Sul.”

Diego da Silva Costa apresentou uma receita de prime rib com molho de tomate assado e vinagrete de abacaxi. “Me inscrevi em duas categorias, chef e churrasqueiro, e tive oportunidade de observar as criações dos outros participantes. São pessoas talentosas e com muita criatividade que tiveram espaço para mostrar suas criações.”

Proprietário da empresa Carnes Boi de Capim, Caubio dos Santos acompanhou a seletiva

e forneceu a carne utilizada na avaliação. “Aceitamos o convite para participar da Comitiva dos Chefs por entendermos o trabalho criterioso desenvolvido pelos profissionais de gastronomia que se dedicam a estudar o alimento como um todo, desde a origem até a forma como é produzido”.

“Neste sentido, a carne fornecida pela Boi de Capim tem um processo diferenciado e que atende questões não visuais como manejo, genética, castração, mas que influenciam diretamente em qualidade, sabor e maciez da carne”, acrescenta.

O Festival Gastronômico será realizado na Plataforma Cultural, localizada na Esplanada Ferroviária até o dia 18 de agosto, em Campo Grande (MS). O endereço é Avenida Calógeras, 3.015. (Leo Ribeiro Com assessoria/Material republicado às 14h37 de 16 de agosto de 2019 com acréscimo de informações)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *