Exportações de Mato Grosso do Sul crescem 22% no primeiro quadrimestre do ano

Exportações
Foto: Divulgação/ Governo de MS

Os números das exportações do Estado cresceu 22 % nos quatros primeiros meses deste comparado ao mesmo período de 2021. Os números já somam US$ 2.53 bilhões.

As importações também cresceram – foram US$ 1.035 bilhão entre janeiro e abril de 2022 contra US$ 742 milhões no igual período de 2021. Com isso, o superávit da Balança Comercial (a diferença entre o que o Estado exportou e importou) não subiu na mesma proporção que as exportações. Passou de US$ 1.333 bilhão para US$ 1.499 bilhão, alta de 12%.

 Os números seguem uma tendência de melhora da economia sul-mato-grossense e refletem a venda da safra de soja que terminou em abril, fazendo com que o produto assumisse a lista da pauta de exportações pelo segundo mês consecutivo.

A soja, sozinha, respondeu por 39,97% do valor total exportado pelo MS no primeiro quadrimestre, aumento considerável (+32%) em relação ao volume apurado com a venda do produto no mesmo período do ano passado.

No segundo lugar da pauta aparece a celulose, com 17,51% de participação, representando diminuição de 5,16% em termos de valores, se comparado à soma atingida com a venda desse produto entre janeiro e abril do ano passado. Já em termos de volume, houve aumento de 1,15%.

Quanto ao destino das exportações, persiste uma concentração nas vendas para a China. O gigante asiático figura como principal parceiro comercial de Mato Grosso do Sul, tendo participação de 48,12% na soma total das exportações.

Os países passaram a comprar mais produtos sul-mato-grossenses, ampliando a sua fatia no bolo das exportações, foram: Índia (+614,68%) e Vietnã (+533,18%). A maior queda foi registrada nas vendas para a Argentina:  baixa de 45,62% em relação ao apurado entre janeiro e abril de 2021.

Acesse também: Bebê recém-nascida espera por família para adoção em hospital de Campo Grande

Acesse também as redes sociais do Estado Online no Facebook e Instagram.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.