26 janeiro 2021, 10:12
Deputado federal Léo Motta (PSL-MG) Foto: Vinícius Loures/Câmara dos Deputados

Projeto prevê criminalizar “ideologia de gênero” nas escolas

Projeto de Lei 4893/20, de autoria do deputado federal Léo Motta (PSL-MG), prevê a criminalização de conteúdos relacionados a “ideologia de gênero” nas dependências das escolas da rede municipal, estadual e federal de ensino. O texto em análise na Câmara dos Deputados estipula pena de detenção de 15 dias a um mês ou multa para a conduta.

Segundo informações da Agência Câmara Notícias, o parlamentar ressalta que não quer criminalizar o movimento, tendo em vista ser legítimo sob a ótica da pluralidade de pensamento garantida pela Constituição. “Mas sim, criminalizar o uso do sistema de ensino para incutir a força tal ideologia em nossas crianças”, justifica.

Conforme o texto, caso aprovada a proposta, será proibida a adoção, divulgação, realização e organização de política de ensino, currículo escolar, disciplina obrigatória, complementar ou facultativa ou ainda atividades culturais que tenham como vertente a “ideologia de gênero”.

Veja mais:

Furtos em cemitérios acende alerta e operação é deflagrada

Take1 da TV O Estado é com Marinalva Pereira

Veja também

Congresso deve propor auxílio emergencial de R$ 300, diz senador

Entre as primeiras providências do Congresso em fevereiro deverá ser a votação da PEC Emergencial …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *