21 outubro 2020, 0:26
Crédito: Eduardo Anizelli/Folhapress

SES cria ‘padrinhos’ para o monitoramento da COVID-19

Para auxiliar os municípios no combate à pandemia do novo coronavírus, a SES (Secretaria do Estado de Saúde) publicou ontem (17) no DOE (Diário Oficial do Estado) a resolução que institui a estratégia “padrinhos e madrinhas” para atuarem no acompanhamento e apoio da rede assistencial das cidades referentes aos assuntos relacionados à COVID-19.

De acordo com a publicação, servidores da SES, podem adotar um município com o objetivo de assessorar na construção de novas ações e estratégias contra o vírus. Os padrinhos também podem auxiliar em eventuais dúvidas, recomendar adoção de medidas para o fortalecimento das ações de proteção para enfrentamento da doença, e recepcionar informações e dados elaborados pelos locais apadrinhados. 

Ainda segundo a resolução, quando designados para atuar em tal estratégia, padrinhos ou madrinhas devem entrar em contato com seu afilhado para conhecer a situação atual, e manter contato no mínimo três vezes na semana para monitorar e acompanhar as ações dos municípios de sua responsabilidade em relação ao enfrentamento da COVID-19. 

Caso haja aumento de casos, deve ser feito contato com a prefeitura do município ou Secretaria Municipal de Saúde para conhecer a justificativa dessa ocorrência e prestar auxílio, quando possível. 

Os padrinhos receberão semanalmente, entre quintas e sextas-feiras, um formulário o qual deverá ser enviado à cidade sob sua responsabilidade para preenchimento. O município então deverá preencher, notificando o seu padrinho ou madrinha da conclusão. 

Após confirmação, os padrinhos vão analisar os documentos, reencaminhando ao município, caso ocorra alguma divergência, para retificação. Este procedimento ficará em vigor até a implantação do sistema Rastrear MS.

Veja também: Governo de MS abre processo seletivo para técnicos de enfermagem com 231 vagas

(Texto: Dayane Medina)

Veja também

Argentina ultrapassa marca de 1 milhão de casos de covid-19

A Argentina ultrapassou na segunda-feira (19) a marca de 1 milhão de casos de covid-19. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *