Jamil Name morre por Covid-19 em Mossoró

JAMIL NAME

Réu na operação Omertá, Jamil Name morreu aos 82 anos na tarde deste domingo (27), por complicações da Covid-19. Ele estava preso no presídio federal de Mossoró (RN).

O empresário estava preso desde setembro de 2019. Ele foi apontado pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) como chefe de uma milícia.

Name estava internado desde o dia 2 de junho. Segundo a nota da defesa de Name, no dia 31 de maio, a penitenciária enviou um e-mail para os advogados pedindo com urgência remédio e outros itens além de questionarem se o idoso tinha plano de saúde ativo.

No mesmo dia, foi informado que o empresário havia testado positivo para Covid-19. Em função da idade e de comorbidades como hipertensão, diabetes e outras, segundo a defesa, Name foi encaminhado para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento), chegando em estado crítico. A nota informava ainda que não havia atendimento médico adequado na unidade prisional em que ele estava, por isso foi para o posto de saúde.

Ainda conforme a nota do advogado, Name aguardou por vaga por 4 horas até ser internado num hospital particular de Mossoró.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.