Concretização de negócios na Feira de Mulheres

A 2ª Feira de Mulheres Empreendedoras teve foco no conceito “Realize-se na trilha do empreendedorismo”. O evento terminou ontem (9) e teve como principal objetivo implementar ações que ajudem a viabilizar a concretização de negócios pelo público feminino. O evento, realizado pela Prefeitura Municipal, por intermédio da Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia), é parte da programação do 120º aniversário de Campo Grande e foi realizado no Instituto Mirim.

Desde quarta-feira (7), ocasião em que a feira foi aberta, perto de 35 expositores apresentaram seus produtos e serviços, enquanto 21 palestrantes participaram de workshops, apresentações culturais e palestras; nos estandes e tendas foram realizados negócios e ampliação de network.

O último dia de evento foi aberto com visitação aos estandes e em seguida palestra com o título “Meu preço está certo? Estou tendo lucro?”, ministrada por Lucielle Lima, coordenadora de Mulheres de Negócios do Sebrae Living-Lab.

Mara Bethânia Gurgel, secretária adjunta da Sedesc e que comandou a equipe que organizou a realização da feira, analisou com entusiasmo o evento. “Esse ano a gente teve o aumento do público feminino, em relação ao ano passado. Isso é um indicativo que estamos no caminho certo. A feira trouxe a mulher como protagonista do empreendedorismo e possibilitou que as pessoas conhecessem um pouco mais a capacidade de geração de renda das mulheres que vem transformando a vida econômica e social delas e de suas famílias. Hoje, 3 em cada 4 lares são chefiadas por uma mulher e dessas, 41% têm seu próprio negócio”.

Destacando a realização pessoal e profissional, o público feminino teve oportunidade de ir além dos aspectos técnicos da capacitação, em ações que permeiam questões comportamentais, inovações tecnológicas e trajetórias de sucessos, importância do empreendedorismo jovem, formação de redes de contato com outros empreendedores e entidades que apoiam o empreendedorismo no país.

A programação do evento foi encerrada com as palestras: “Educação Empreendedora para Jovens”, com professor Matheus Piazzalunga Neivock e “Etiqueta Profissional Empresarial”, com Cristian Bertoli, oficina “Como se preparar para um novo mundo mais corporativo empreendedor”, com Denis Hideyoshi e dois cases de sucessos de
mulheres empreendedoras, com Solange Brum, proprietária de O Boticário e Regina Naruki, sócia proprietária da Cervejaria Prosa.

(Rafael Belo com assessoria)

 

Confirma mais notícias no jornal impresso. 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.