A cada hora, cinco crianças foram estupradas no Brasil

abuso_sexual_infancia-450x300

Em 2020, a cada hora, cinco menores foram estupradas no Brasil. São 44,4 mil casos de estupro e estupro de vulnerável de menores de idade, de acordo com o 15º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, lançado nesta quinta-feira (15).

Mais da metade destas crianças, 54,4%, eram menores de 11 anos. A publicação apontou que a cada ano a idade das vítimas de estupro diminui. Assim, em análise o Anuário apontou que dentro das vítimas de zero a 19 anos, os crimes cometidos contra crianças de até 13 anos aumentaram, saindo de 70% em 2019 para 77% em 2020.  Para crianças de 0 a 9 anos também subiu. Antes, em 2019, eram 37,5% de casos registrados. No ano passado chegou a 40%.

O número, conforme a publicação, pode ser ainda maior devido aos fortes indícios de subnotificação. Entre eles, está o baixo número de registros de casos no início do confinamento forçado pela pandemia da COVID-19 e que foram aumentando conforme o isolamento social foi diminuindo. 

Outro fator é que quem mais identifica os estupros e demais abusos em crianças e adolecentes são os profissionais de educação Com as suspensas no ano passado não houve esta possibilidade. A UNICEF também aponta dados alarmantes onde o Brasil é o país da América Latina com o maior número de crianças que perderam pelo menos três quartos do período letivo desde março do ano passado. Ao todo chegam a 44 milhões de alunos.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.