Anvisa identifica dois casos da nova variante da COVID-19, a Ômicron

teste covid pandemia variante sangue
Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) confirmou preliminarmente nesta terça-feira (30) dois infectados pela mais nova variante da COVID-19, a Ômicron. Agora, os resultados serão enviados para análise após o primeiro teste.

Conforme a CNN Brasil, a testagem foi feita em um passageiro vindo da África do Sul. Ele desembarcou no Brasil no dia 23 de novembro, no Aeroporto de Guarulhos, e foi testado com RT-PCR, no dia 25 de novembro, quando ele ia voltar para a África do Sul.

O passageiro estava com sua esposa no momento que fez o teste. Ela também foi testada e ambos confirmaram positivo para COVID-19. A partir da daí, foi feita uma notificação para o CIEVS (Centro de Informações Estratégias em Vigilância em Saúde).

Conforme apurado pela CNN, o casal já se encontra em isolamento. O laboratório do Hospital Israelita Albert Einstein fez o sequenciamento genético das amostras ontem (29), que resultou na identificação da variante.

Com a confirmação preliminar, as amostras serão enviadas para o IAL (Instituto Adolfo Lutz), para novo sequenciamento genético. A medida segue o que é estabelecido internacionalmente.

A Anvisa também informou a situação para o Ministério da Saúde e as secretárias de Saúde estadual e municipal de São Paulo para adoção de medidas. A agência informou ainda que o passageiro desembarcou no dia 23, antes da África do Sul relatar a existência da variante para a OMS (Organização Mundial Saúde).

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.