CPI da COVID: Advogado da Precisa se cala sobre caso da covaxin

Reprodução/Internet
Reprodução/Internet

CPI da Pandemia ouve nesta quarta-feira (18) Túlio Silveira, advogado da Precisa Medicamentos. Ele é o representante legal da empresa na negociação da vacina indiana Covaxin, da Bharat Biotech, com o Ministério da Saúde.

A oitiva de Túlio Silveira atende a requerimento do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e substitui a acareação cancelada entre o ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni, e o deputado federal Luís Miranda (DEM-DF).

Silveira comparece à CPI munido de um habeas corpus concedido pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), que permite que ele não responda perguntas que possam incriminá-lo, onde o mesmo se coloca em silêncio para todas as perguntas feitas.

Acompanhe: 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.